Na véspera de sua saída do governo, Tadeu Alencar recebe medalha do grupo da Folha de Pernambuco

0

Homenagem Tadeu AlencarNa véspera de sua saída do Governo de Pernambuco, o secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar, foi homenageado pelo Grupo EQM com a medalha Armando de Queiroz Monteiro Filho, em solenidade realizada ontem (2), na superintendência do jornal Folha de Pernambuco.

O Grupo EQM – com forte atuação nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste nos segmentos de comunicação, energia e sucroalcooleiro – é proprietário da Editora Folha de Pernambuco, composta pelo jornal Folha de Pernambuco, Portal Folhape e Rádio Folha 96,7 FM. Em sua sétima edição, a comenda foi dedicada ao secretário pelos relevantes serviços prestados à administração pública de Pernambuco.

Durante o evento, que reuniu jornalistas, executivos do grupo e convidados, o presidente Eduardo de Queiroz Monteiro destacou o zelo com que Tadeu Alencar trata os interesses públicos. “Conheci profissionalmente Tadeu Alencar na época que ele estava em Brasília, na Procuradoria da Fazenda Nacional, e vi como ele atuou, de maneira heroica, nos temas de interesse da nação”, destacou.

Ao receber a medalha das mãos do jornalista da Folha de Pernambuco, Fernando Mendonça, Tadeu Alencar ressaltou a honra em receber a comenda que leva o nome de Armando de Queiroz Monteiro Filho. “Doutor Armando foi um homem público que sempre se pautou pelos interesses do povo. Combateu o regime militar tendo ligação histórica com todo esse momento em que vivemos hoje no Brasil e em Pernambuco”, comentou.

Em clima de despedida para disputar as próximas eleições como candidato a deputado federal, o secretário também falou sobre sua experiência nas duas gestões do governador Eduardo Campos.

“Muito me orgulha ter participado desta gestão, como procurador geral do Estado e como secretário da Casa Civil. Eduardo Campos fez um dos maiores governos que Pernambuco já viu e assegurou transformações em todos os setores, como na educação, no combate à violência, na geração de empregos. Com esse Governo aprendemos que vencer não é ganhar eleições, mas sim modificar a vida das pessoas”, disse o secretário.

Armando de Queiroz Monteiro Filho

Aos 89 anos, Armando de Queiroz Monteiro Filho iniciou sua carreira pública em 1950 quando foi eleito deputado estadual, mas não assumiu por causa do seu parentesco com o governador eleito Agamenon Magalhães (sogro). Deputado federal em dois mandatos, ministro de Estado, participou ativamente do processo de redemocratização do Brasil. (Fonte/foto: Secom-PE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome