Na Bahia, primeira-dama Bruni é a musa do verão

por Carlos Britto // 29 de dezembro de 2008 às 23:21

De maiô branco Dolce & Gabbana (o mesmo que usou após fazer uma campanha publicitária de óculos de sol em janeiro do ano passado), a primeira-dama francesa  Carla Bruni-Sarkozy deu o ar de sua graça. Musa involuntária do verão baiano, ela começa a cultivar a rotina de render suas graças a Iemanjá no final da tarde, e ontem não foi diferente: La Bruni deu show na água. Por volta das 17 horas, de novo acompanhando o filho Aurèlian, de 7 anos, ela brincou na praia de Itacarezinho sob forte vigilância. Policiais militares à paisana, agentes de segurança franceses e seguranças da pousada tentaram impedir que a imprensa fizesse imagens da primeira-dama, e montaram barreiras visuais em toda a extensão da praia que margeia o Txai Resort, onde ela está hospedada. O esforço dos policiais e dos seguranças presidenciais, no entanto, revelou-se infrutífero e os repórteres fotográficos registraram todo o banho.  “Não queria nada com esse Sarkozy, mas sim com a mulher dele, que é um tetéu”, disse um comerciante da região, que ficou emboscado na praia com uma máquina fotográfica e foi expulso por policiais militares após levar uma geral.
O sujeito estava inconformado com a revista que sofreu (de homens armados) e chegou a brigar com moradores que o teriam dedurado. Carla Bruni-Sarkozy e Nicolas Sarkozy casaram-se em fevereiro após rápido namoro e noivado e estão dando mostras de viver um casamento harmonioso. Ao lado dela, ele está sempre sorridente e bem-disposto. Quando La Bruni não está, no entanto, mostra um semblante carregado, quase sempre denotando preocupação.
Carla teve uma vida romântica atribulada antes de casar-se com o presidente francês. Ela namorou Mick Jagger, Eric Clapton, o velho playboy Donald Trump e o ator Vincent Perez. Seu filho pequeno, Aurélian, é fruto de um relacionamento com o professor de filosofia Raphael Enthoven. Ontem, Nicolas Sarkozy almoçou na praia com a mulher, a primeira-dama Carla Bruni-Sarkozy, e o pai de Carla, o industrial Maurizio Remmert, por volta das 13h da tarde deste sábado.
O chefe de Estado francês saiu de seu bangalô e se dirigiu para uma tenda no limite entre a propriedade do Txai Resort e a Praia de Itacarezinho, visível da areia mas cercado de forte segurança.
Uma garçonete servia champanhe, e na praia seguranças advertiam banhistas para não tentarem tirar fotos do casal presidencial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.