Na Bahia 25 pessoas são presas por suspeita de crimes eleitorais durante a eleição

por Carlos Britto // 03 de outubro de 2022 às 12:30

Foto: Reprodução/PF

Durante o dia de votação ontem (2) a polícia prendeu 25 pessoas na Bahia sob suspeita de participação em crimes eleitorais. A tipificação mais recorrente foi a de boca de urna nos locais de votação. Casos do tipo foram registrados em Candeias (2), Esplanada (3), Ibirataia (2), Araci (5), Porto Seguro (3), Ipiaú (4), Brejões (1), Milagres (2) e Canarana (1). Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Também houve a condução de um homem ao ser flagrado fazendo o transporte de eleitores, que também é configurado crime eleitoral, em Coração de Maria. Em Paramirim, uma mesária foi levada à sede da Polícia Civil (PC) da cidade acusada de violar o sigilo de voto. Imagens que circulam nas redes sociais mostram a voluntária efetuando o voto no lugar do eleitor.

Um guarda municipal foi conduzido por porte ilegal de arma de fogo em Ibotirama, após ocupar a cabine de votação com o objeto, o que é proibido pelo TSE, exceto para profissionais em serviço.

Em Salvador, a Central de Flagrantes instaurou inquérito policial sobre um ato de injúria racial, ocorrido dentro de uma zona eleitoral, localizada no bairro do Stiep. Um homem de 65 anos é acusado de ofender uma mesária. Ele foi conduzido por policiais militares da 39ª CIPM. O procedimento foi encaminhado para a 9ª Delegacia Territorial (DT), da Boca do Rio, onde haverá continuidade das investigações. Outras cinco testemunhas já foram identificadas e serão intimadas para prestar depoimentos.

Na Bahia 25 pessoas são presas por suspeita de crimes eleitorais durante a eleição

  1. O POVO TÁ DE ÔLHO disse:

    Eu estou com a mesma sensação que o Ministro Alexandre de Moraes sentiu, quando o Corinthians foi roubado em 1976 num jogo contra o Internacional de Porto Alegre, quando uma bola bateu na trave e quicou fora da linha e foi dado como gol. Mas é como o Ministro diz, não adianta contestar, temos de nos comportar como ele, é aceitar o resultado, é assim que o TSE vai se comportar com quem contestar o resultado das eleições. Então? eu pergunto fomos roubados e não há nada a fazer? isso é Democracia ou roubocracia?

  2. PENSADOR disse:

    Ladrões!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  3. Edilberto disse:

    Muito estranho o resultado dessa eleição, não condiz com a realidade que víamos nas ruas. Esses casos citados acima, são só os que foram pegos e denunciados e, os que não foram. Me sinto agredido pessoalmente, quando dizem que todo o NE apoia o marginal Lula. Jamais daria um voto a um ladrão comunista para presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.