Comunitários voltam a cobrar limpeza de terreno na Vila Mocó; Prefeitura promete enviar equipe ao local

1
Terreno baldio na Vila Mocó. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Moradores da Avenida Gilberto Freire, no bairro Vila Mocó, área central de Petrolina, continuam reclamando de descarte irregular de lixo e entulhos em um terreno baldio ao lado do prédio da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe). O problema é recorrente e já foi mostrado diversas vezes por este Blog.

Através do WhatsApp do Blog, a comunidade pede à prefeitura para resolver a situação, pois além do mau cheio e insetos no local, pessoas desconhecidas ainda ateiam fogo nos materiais, provocando incômodo para quem mora na vizinhança.

Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDURBH) informou que uma equipe de fiscalização será enviada ao local, para identificar e notificar o proprietário a limpar e cercar o terreno. “O prazo é de 15 dias para a limpeza do imóvel e de 60 dias para construir um muro nos limites do terreno. No caso de descumprimento, o dono pode ser multado. O valor varia R$ 600,00 a R$ 2.400,00. A SEDURBH ainda orienta que a população encaminhe a denúncia ou para o WhatsApp (87) 98100-1883 ou formalize junto à Ouvidoria Municipal, através do número de telefone 156”, frisa a nota.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome