Moradores se irritam com a Compesa por falta d’água e cratera no meio da rua

1
Foto: Divulgação

Sai ano e entra ano e as broncas com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) não dão trégua. Alguns moradores procuraram o Blog para reclamar da falta d’água na rua 10 do bairro Antônio Cassimiro, zona norte, há 6 dias. “Estamos há 6 dias sem água nas torneiras e até quem tem reservatório em casa, já não tem mais água porque secou”, disse um morador.

Outra reclamação é referente a uma cratera exposta há várias semanas na rua 12 do bairro Vila Eulália, também na zona norte. De acordo com pessoas que moram perto do local, o buraco está aberto há cerca de um mês, impedindo os moradores de estacionarem seus veículos e até de colocarem na garagem à noite. “Aqui junta mosquito, não passa nem moto, já foi aberto um chamado na Compesa, mas até hoje nada foi resolvido”, desabafou outro leitor.

O Blog já entrou em contato com a Compesa, que ficou de dar uma resposta até segunda-feira (11).

1 COMENTÁRIO

  1. Afff! ! Que falta de respeito com o usuário final, a água de Petrolina tem a taxa de cobrança mais cara do país a de esgoto nen se fala , custa apenas 80% do valor do consumo de água, e se diga de passagem, manutenção da empresa Compesa é uma porcaria, não existe a manutenção. Em cidades como São Paulo onde as águas dos reservatórios nen sempre é límpida como nosso rio, lá gasta se horrores para deixar a água ideal para o consumo, não se tem uma cobrança tão cara na conta como em nossa cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

14 − treze =