Moradores próximos a Lagoa do Dom Avelar pedem providências para água que invade as casas; Prefeitura responde

1
Foto: Wanderley Alves/Blog Carlos Britto

Cerca de 15 famílias que moram nas proximidades da lagoa do Bairro Dom Avelar, zona norte de Petrolina, estão vivendo uma situação delicada. A água está invadindo os cômodos das casas e causando infiltrações. Segundo os moradores, isso coloca em risco crianças e pessoas com problemas de saúde. “Eu queria pedir a Miguel (Coelho) que solicite uma casa para nós, porque a situação está precária. Eu mesmo tenho quatro crianças e todo dia amanhece com água”, falou a comunitária Josefa de Souza Lima ao Programa Carlos Britto, na Rural FM.

Eles também contam que a equipe da Defesa Civil do município esteve no local há um mês, avaliando a situação, mas até o momento nada foi resolvido. “Os materiais da escola da minha filha se perderam tudinho por causa da água. Desde o mês de abril, que começou a pandemia, andaram vários secretários aqui, falaram que iam colocar uma bomba e até agora nada. E as coisas só ficam pior”, contou outra moradora. 

Em nota, a Prefeitura de Petrolina informou que “está mapeando a área e estudando uma maneira de realizar a drenagem do local, visto que a lagoa natural do bairro se localiza distante dos canais de escoamento criados. Além disso, o lago está sendo aterrado de maneira inadequada, causando o alagamento das residências construídas em área de risco. A prefeitura reitera que as secretarias estão trabalhando em conjunto para solucionar o problema”.

A administração municipal também disse “que parte das famílias já foi cadastrada para participar do sorteio do Programa Minha Casa, Minha Vida, que deve ser realizado até o fim deste ano. Explica ainda que as famílias não cadastradas devem acionar a Defesa Civil, para que seja feito um laudo individual, que comprove que está localizada em uma ocupação irregular, área de risco ou insalubre. O documento deve ser entregue à Secretaria de Desenvolvimento e Urbano e Habitação para que seja feito o cadastro. A prefeitura lembra ainda que as famílias precisam preencher todos os requisitos do programa habitacional para que tenha direito a participar do sorteio”, finalizou a nota.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome