Moradores pedem providências para esgoto estourado há 5 meses no bairro Antônio Cassimiro; Compesa responde

1
Foto: Wanderley Alves/Blog Carlos Britto

Moradores do bairro Antônio Cassimiro, zona norte de Petrolina, entraram em contato com o Blog para pedir providências sobre uma ‘lagoa’ de esgoto que se formou na esquina das Avenidas da Redenção com Nossa Senhora Aparecida, e que já dura cinco meses. 

Segundo os moradores, eles entraram em contato com a Compesa e Prefeitura de Petrolina, mas até o momento, nada foi feito para solucionar o problema que tem prejudicado quem utiliza a via diariamente, seja a pé, de carro ou moto. Além de quem vive na região, por conta do mau cheiro.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Compesa que respondeu, por meio de nota, que “não opera o sistema de Esgotamento Sanitário do Antônio Cassimiro”.

1 COMENTÁRIO

  1. A Compesa só quer operar o filé, ou seja, os bairros mais estruturados e com toda rede já pronta. Os bairros mais afastados e que carecem de investimentos, como o citado na reportagem, ela simplesmente relega ao município. O pior é que existe recursos disponíveis desde 2017 a ser investido nessas áreas, assim como na bacia do Dom Avelar, mas que, por razões meramente políticas, a referida companhia, a mando de seu chefe maior, o governador do estado, recusa-se a realizar as obras, deixando os moradores da localidade viverem literalmente no esgoto, expondo-os a riscos de contraírem doenças variadas. E ainda tem gente que acredita que esse senhor está preocupado com a nossa saúde, impressionante! Se é pra ficar assim, é melhor que a Compesa arrume as malas e desapareça daqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome