Moradores do Bairro Ipsep soltam o verbo por causa de esgoto estourado

por Carlos Britto // 23 de julho de 2017 às 16:23

Mais um problema referente a esgoto estourado vem tirando a paciência de petrolinenses. Desta vez a dor de cabeça é na Rua Unidos da Tijuca, localizada no Bairro Ipsep, zona norte da cidade.

Segundo informações repassadas ao Blog, há dois meses a rede de esgotamento sanitário da rua extravasou. De lá para cá a rotina dos moradores, condutores de veículos e pedestres virou um ‘caos’.

O mal cheiro, o acúmulo de lixo e os insetos estão tirando o sossego da comunidade. Portas, janelas e garagens vivem fechadas a todo momento. Os moradores praticamente são obrigados a se ‘refugiar’ dentro de suas residências, tentando se proteger dos riscos da água contaminada descartada a céu aberto.

Eles dizem que várias ligações já foram realizadas para Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), e até o presente momento nada foi feito.

Protocolos

Protocolos e mais protocolos já foram realizados e anotados (2017.1021.6593.53), (2017.1021.6951.18), (2017.1021.7234.38), incluindo uma denúncia formalizada junto à Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe) – 2017.148.72. “Até agora nenhuma autoridade se posicionou com o objetivo de esclarecer a negligência e falta de providência das autoridades competentes”, desabafam. “Nesse sentido, solicitamos à Compesa providências imediatas na tentativa de resolver esse problema que está afetando a convivência, a interação, a mobilidade e principalmente a saúde de toda comunidade da Rua Unidos da Tijuca”, completam. Com a palavra, a Compesa.

Moradores do Bairro Ipsep soltam o verbo por causa de esgoto estourado

  1. Sanfranciscano disse:

    Faltou informar qual IPSEP é, se o 1 ou 2. Sei que um fica na zona norte, e outro na zona leste. Mas 95% dos petrolinenses não conhecem as divisões por região de Petrolina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *