Moradores de Afrânio fazem novo protesto contra falta d’água; Compesa responde

por Carlos Britto // 08 de setembro de 2023 às 16:00

Foto: WhatsApp/Blog do Carlos Britto arquivo

A população de Afrânio (PE), no Sertão do São Francisco, organizou um novo protesto contra a falta d’água na cidade. O ato ocorreu no dia de ontem (7).

Somente este ano, várias mobilizações já aconteceram em Afrânio por conta do problema. O abastecimento da cidade, além de Dormentes (PE), na mesma região, e na Zona Rural de Petrolina é feito pela Adutora Maria Tereza – de responsabilidade da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Esclarecimento

Por meio de nota de esclarecimento enviada pela assessoria, a Compesa explicou que está executando uma série de ações para melhorar o abastecimento na Zona Rural de Petrolina e nas cidades de Afrânio e Dormentes. “A Companhia já alterou o calendário de abastecimento buscando equalizar a distribuição entre zona rural e urbana e está elaborando projetos para obras de curto prazo ao longo da adutora (reativação de antigos mananciais, aumento de produção e adução)”, frisou a nota.

Entre as medidas adotadas, a Compesa também está alinhando junto à Polícia Militar (PM) medidas de combate às ligações clandestinas de água ao longo da adutora Maria Tereza. As irregularidades ocasionam prejuízos ao abastecimento nas comunidades rurais de Petrolina (Pau Ferro, Rajada e Terra Nova), assim como nas zonas urbanas de Afrânio e Dormentes.

A fiscalização faz parte de um conjunto de ações que estão sendo desenvolvidas pela Compesa com participação do 5º BPM e Ministério Público de Pernambuco (MPPE) em Afrânio e Dormentes, onde serão adotadas todas as medidas judiciais para coibir o desvio de água.

Também já existe projeto elaborado para a construção de uma nova adutora com valor estimado de R$ 350 milhões. A nova adutora projetada terá 180 km de extensão saindo de Petrolina até Afrânio/Dormentes. Com a conclusão do projeto, a Compesa irá captar os recursos necessários para viabilizar a obra.

Moradores de Afrânio fazem novo protesto contra falta d’água; Compesa responde

  1. Prof disse:

    E o pior de tudo que o 🐖 prefeito é o político de estimação desta massa de semianalfabetos, já vi pessoas tentando resolver este eterno problema deste buraco, municipalizado o esgotamento sanitário, porém quem teta algo novo neste buraco 🕳️ sempre é visto como errado, estes semianalfabetos tem o que merece….e de cadeira eu assisto Rajada, distrito de Petrolina passar este buraco 🕳️ em todos os pontos, desde a economia até o desenvolvimento social.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. Um Petrolinense real, assim foi Fernando, pois uns chamado carinhosamente de besourinho. Eu me lembro muito bem do SAMBOSSA, Fernando,…