Moradora reclama da falta de acessibilidade em Senhor do Bonfim

0

MichelliA cidade de Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, não está preparada para atender pessoas com necessidades especiais. Pelo menos é o que afirma Michelli Araujo, 31 anos. Ela é mãe de Luis Felipe, 7, que tem paralisia cerebral. O menino não possui coordenação de seus movimentos e necessita de auxílio para se alimentar e locomover. E, neste último caso, as dificuldades são grandes na área urbana da cidade,

Michelle questiona o porquê a atual gestão municipal, nem as anteriores, nunca tiraram do papel o Plano de Acessibilidade. “Sempre que preciso sair com Luis Felipe passo por grandes desafios. Como tenho que levá-lo na cadeira de rodas, fica complicado descer calçada sem rampa e andar em ruas de paralelepípedo. Até mesmo para levá-lo à escola, que fica a 10 minutos da minha casa, é difícil”, relata.

Ela conta ainda sobre a falta de respeito de alguns motoristas, que estacionam os carros em frente às poucas rampas de acesso que existem na cidade, ou ainda ocupam as vagas para deficientes.

“Eu não sou a única a passar por esse tipo de situação, muitas mães e familiares que possuem uma pessoa com algum tipo de deficiência sofrem problemas como esses. Gostaria que a prefeitura de nossa cidade pensasse também nas pessoas com necessidades especiais e lhes proporcionassem o direito de ir e vir”, conclui Michelli. Com a palavra, a prefeitura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome