Moradora do KM-2 reclama de material despejado em terreno por carroceiros; prefeitura esclarece

1

Uma prática recorrente em Petrolina tem tirado do sério a comunidade do KM-2, zona leste da cidade. Carroceiros que pegam restos de construção civil e podas de árvores vão jogar esse material onde não devem.

O flagrante acima foi registrado por uma moradora, próximo à Rua Humberto Teixeira com a Vicente Celestino, nas imediações da antiga Praça da Sementeira. Chateada, ela pede à prefeitura para notificar o dono do terreno onde os carroceiros transformaram em ‘depósito’ de lixo.

Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDURBH) de Petrolina reforçou que o terreno em questão está localizado em área particular. A pasta ainda destacou que é dever do proprietário fazer limpezas periódicas, bem como cercar os limites do espaço para evitar o depósito de lixo e entulho.

Ainda nesta semana, a equipe de fiscalização do órgão municipal será enviada ao local para identificar e notificar o dono do terreno. O prazo é de 15 dias para a limpeza do imóvel e de 60 para construção do muro. No caso de descumprimento, pode ser cobrada uma multa, cujo valor varia de R$ 600,00 a R$ 1.300,00. “A SEDURBH orienta à população a formalizar denúncia junto à Ouvidoria Municipal através do número de telefone 156, ou presencialmente na sede da Secretaria, de segunda à sexta-feira, pela manhã”, ressaltou a nota da Secretaria.

1 COMENTÁRIO

  1. O local da foto não é área privada. Ė uma rua,que praticamente está sem passagem devido a quantidade de lixo,entulho e resto de polda.A rua em questão não é calçada
    e fica próxima a av da Integração,na entrada tem uma academia na esquina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome