Miguel Coelho vê Petrolina vacinando contra coronavírus até fevereiro e detalha mudanças em sua equipe

10
Foto: Blog do Carlos Britto

Em cerimônia realizada rigorosamente dentro dos protocolos de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19), o prefeito reeleito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), foi diplomado pela Justiça Eleitoral para o segundo mandato. Ao lado dele, o vice eleito Simão Durando Filho (DEM) também recebeu seu diploma, juntamente com os vereadores da próxima legislatura. O evento aconteceu na manhã de hoje, na Fundação Nilo Coelho, Centro da cidade, e contou com as presenças de autoridades como o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e Fernando Filho (DEM).

Reeleito com 121.300 votos, o maior desempenho de um candidato majoritário na história política de Petrolina até hoje, Miguel concedeu alguns minutos de entrevista à imprensa que cobria a cerimônia. Ele voltou a falar de sua gratidão aos petrolinenses, ao mesmo tempo da responsabilidade que carregará juntamente com Simão, pelo próximo mandato. “Com todas as crises, com todos os obstáculos, a gente fez Petrolina crescer como nunca se tinha visto. A gente sabe que o nível das cobranças será ainda maior, mas estamos preparados”, destacou.

Sobre a Covid-19, apesar dos números ainda alarmantes, o prefeito vê “um quadro de finalização da pandemia”, a partir da vacinação que vem acontecendo nos Estados Unidos e Reino Unido. Miguel disse acreditar que no Brasil o mesmo ocorrer até o final do ano. Quanto a Petrolina, ele afirmou que trabalha junto ao governo federal e ao Instituto Butantã para quando a primeira vacina a ser aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) – seja a adquirida pelo governo ou a produzida pelo Butantã –, o município possa adquirir, já que a Secretaria de Saúde vem preparando toda a estrutura. “Num cenário otimista, em janeiro (de 2021) Petrolina já pode iniciar (a vacinação). Num cenário pessimista, onde você depende de vários fatores logísticos, o mais tardar em fevereiro a gente inicie”.

A partir disso, Miguel espera que a prefeitura também possa retomar as aulas presenciais a partir de janeiro, incluindo nas novas escolas em tempo integral. O prefeito reeleito frisou também que mesmo em meio a esse cenário, sua gestão conseguiu tocar obras importantes em vários setores da cidade.

Foto: Blog do Carlos Britto

Reforma

Perguntado sobre a reforma administrativa em sua equipe, ele adiantou que até quarta-feira (16) deve enviar o projeto à Casa Plínio Amorim, ao mesmo tempo em que anunciará as mudanças. Segundo Miguel, há fusão de secretarias e separação de outras, além de extinção e criação de cargos comissionados.

10 COMENTÁRIOS

  1. Agora os que correram atrás do prefeito para ganhar um cargo de desconfiança vão chamar o prefeito de tudo menos de santo, sobre a vacina ele agora ele não falou que tiraria o dinheiro de qualquer lugar,mudou dizendo que espera do governo federal,eita políticos que mudam de conversa do dia pra noite.

  2. Muita demagogia do Sr Prefeito, o país governado por um alucinado, com um desministro da saúde, e tendo como líder, o pai do prefeito.
    O país não tem qualquer plano de vacinação sério.

  3. Petrolina no rumo certo. Sangue novo, motivação, entusiasmo e comprometimento. Esse é Miguel, o nosso prefeito. Fez e fará ainda mais. Aos forasteiros que não estiverem satisfeitos, um recado : arrumem a mala e voltem aos seus rincões e de lá não saiam mais.

    • Estou aqui Mislene, onde você nasceu Mislene, ou teus pais? Pois sou petrolinense da gema, de nascimento e origem, até a sétima geração, materna e paterna, pois a oitava era portuguesa, e todos que nasceram, ou principalmente aqui chegaram para construir esta Cidade, são petrolinenses, talvez a Senhorita não saiba o significado de uma palavra basilar, democracia, ou discordar de ideias, para aparecer com estas guiches prontos, típicos da ditadura Militar, “Brasil, amo o, ou deixo o.”
      Mas talvez a Senhorita não saiba o mínimo de História.

    • Se Petrolina dependesse só de petrolinense nascido no Dom Malan estava era lascada, iria ser mais pobre do que o diabo. Veja os grandes empresários da agricultura, carro chefe da economia, todos de fora.

      Deixe seu preconceito de lado, sua ignorante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome