Miguel Coelho apresenta lista de obras para os próximos anos e faz previsão otimista

1
Foto: Blog do Carlos Britto

Durante a coletiva de imprensa desta segunda-feira (4), o prefeito Miguel Coelho (MDB) apresentou os principais projetos e prioridades para Petrolina neste segundo mandato. O programa se baliza em seis pilares temáticos:

  1. Ampliação do desenvolvimento urbano com o programa “Petrolina Cresce Mais” com: nova Orla 3, duplicação e requalificação de 16 avenidas, PPP da iluminação, pavimentação de 600 vias, nova empresa de saneamento, construção do Parque do Povo, novo terminal rodoviário, requalificação do Centro de Convenções, revitalização de feiras, implantação de cinco adutoras de água, novo sistema de abastecimento do Maria Tereza, 250 poços artesianos, recuperação de 26 quadras, segunda etapa da Porta do Rio;
  2. Na Saúde – “Petrolina Cuida Mais” com: Hospital da Criança, quatro policlínicas, 15 postos de saúde, ampliação da cobertura em saúde bucal para 80% da cidade, laboratório, centro de diagnósticos, aquisição de um castramóvel;
  3. Na Educação – “Petrolina Educa Mais” com: 6 novas escolas, 6 novas creches, 15 escolas em tempo integral, 4 bibliotecas nos bairros, climatização da rede de ensino, criação do arquivo público;
  4. No crescimento econômico com sustentabilidade – “Petrolina Gera Mais” com: implantação do Polo de Tecnologia ROTA TIC, ampliação do projeto Cidades Inteligentes, criação do programa Smart Places (Lugares Inteligentes);
  5. Em investimentos na redução de desigualdades – “Petrolina Abraça Mais” com: implantação de dois novos CRAS e um CREAS, resgate do programa Meninos de Todos Nós, implantação de um restaurante popular na zona leste, Lei do Voluntariado;
  6. Na gestão pública – “Petrolina Gera Mais” com: implantação do Centro de Atendimento ao Cidadão, criação de novos padrões de excelência no atendimento à população.

1 COMENTÁRIO

  1. “Crescimento econômico com sustentabilidade”

    Chega a ser engraçado ouvir isso de alguém que aumentou em muitas vezes acima da inflação o IPTU da cidade.

    Tem que ser muito asno para cair nesta conversinha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome