Mercado do Produtor de Juazeiro passa por limpeza para prevenir disseminação do novo coronavírus e H1N1

5
Foto: Ascom

No domingo (22) a direção da Autarquia Municipal (AMA) realizou a limpeza e higienização do Mercado do Produtor de Juazeiro proporcionando um ambiente mais limpo para os permissionários e usuários para prevenir a disseminação do novo coronavírus e H1N1.

Outras ações estão sendo realizadas como orientação para prevenir a disseminação do vírus como, higienização dos espaços, pedindo a distância mínima de um (1) metro entre os frequentadores, carrinheiros, comerciantes e clientes, dicas de prevenção ao Coronavírus pela rádio do Ceasa, cartazes estão espalhados nos pavilhões pelo entreposto com recomendações de higiene e orientações sobre os sintomas provocados pela infecção. Além disso, houve aumento da frequência de limpeza e desinfecção de locais e superfícies de uso intenso como maçanetas, cadeiras e balcões de atendimento; reuniões ou eventos com mais de 30 pessoas estão suspensas, assim como visitas coletivas.

Algumas novas medidas restritivas foram decretadas para ampliar as ações preventivas e a partir do dia 24 de março está determinado o fechamento das feiras livres e do Camelódromo 2 de Julho, assim como a feirinha do Mercado do Produtor de Juazeiro.

O diretor executivo da Autarquia Municipal de Abastecimento-AMA, Agnaldo Meira, destacou o esforço da equipe para que todas as medidas preventivas sejam tomadas contra o novo coronavírus e H1N1. “Realizamos esse mutirão de higienização no entreposto para que todos aqueles que frequentam o Ceasa tenham um espaço de trabalho mais limpo e assim o risco de contaminação do vírus seja diminuído. Agradecemos o apoio de todos os permissionários em seguir as orientações da Organização Mundial de Saúde e reforçamos que o Ceasa tem uma atividade essencial para garantir a alimentação da sociedade e por isso não iremos fechar ou parar suas atividades”, disse.

A limpeza do entreposto é realizada todos os dias, de segunda a sábado, no período da manhã e tarde. Em média são retiradas por dia 19 toneladas de lixo, além da varrição realizada pelos funcionários e também coletam o lixo.

5 COMENTÁRIOS

    • E onde as lojas vão conseguir comprar alcóol em gel? Você sabe algum lugar que esteja vendendo? Que eu saiba, as lojas ainda abertas permanecerão assim simplesmente porque não poderão fechar…

  1. O coronavírus está ratificando algo que sempre soube Juazeiro: trata-se uma cidade desorganizada, com péssimos gestores (e minha crítica não se restringe apenas à governança atual, não), com uma população extremamente mal-educada e desunida. Espero, sinceramente, que tiremos inúmeras lições desta pandemia. Espero que, da adversidade, surjam pessoas educadas, informadas e altruístas, bem como gestores competentes, que não se sirvam da política do pão e circo para conquistar votos, mas, sim, de uma política que sirva para amparar – e atender – toda a população – de forma ordenada, efetiva e justa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome