Medeiros apresenta vídeos que comprovariam influência de ‘braço direito’ de Isaac em licitações da Prefeitura de Juazeiro

1

oficio MPFA rotina da Câmara de Vereadores de Juazeiro foi quebrada ontem (4) pelo oposicionista José Carlos Medeiros (PV). Ele apresentou vídeos nos quais comprovariam a participação do ex-tesoureiro das campanhas do atual prefeito Isaac Carvalho (PCdoB) e ex-coordenador da Fenagri, Voldi Alves, numa suposta condução de licitações no município.

As imagens, feitas no último dia 1º de março, refere-se ao pregão presencial para contratação de empresa responsável pelo fornecimento da merenda escolar na rede municipal de ensino.

Voldi – que é do setor de licitação, mas não pertence ao quadro – aparece no vídeo supostamente se utilizando do cargo para garantir a vitória da empresa interessada.

Segundo o vereador, o vídeo prova a influência do ex-tesoureiro do prefeito nas ações do governo. “Isso é uma usurpação da função pública, crime previsto no artigo 328 do Código Penal, que pode levar o réu a uma pena de seis meses a dois anos de prisão. Podemos observar que Voldi conduz o processo, enquanto a pregoeira fica de braços cruzados”, comentou Medeiros, que anexou os vídeos aos processos que deu entrada no INSS, na Procuradoria Municipal e no Ministério Público Federal (MPF), onde já tinha denunciado o ex-coordenador por receber uma aposentadoria por invalidez, mesmo ocupando funções e desempenhando atividades contraditórias a sua condição.

“Voldi desempenhava funções na órbita do governo, na campanha de Isaac e nas vaquejadas que não condizem com a sua aposentadoria como invalido. A influência dele é semelhante a de PC Farias no governo de Fernando Collor de Melo”, afirmou. De acordo com o vereador, por causa das denuncias, o governo municipal escondeu a figura de Voldi durante a Feira Nacional. Medeiros informou que os órgãos instauraram procedimento para apurar o caso (foto). As informações são da assessoria do vereador.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome