Marolinha na agenda

por Carlos Britto // 28 de janeiro de 2009 às 14:10

Em meio a um vendaval de notícias ruins – a última trazida pela OIT indica que 2,9 milhões de trabalhadores perderão seus empregos em 2009 – o presidente Lula tem encontro agendado, hoje, com os governadores do Nordeste. A pauta oficial trata de programas que possam ajudar a reduzir as desigualdades regionais, mas certamente será atropelada pelos efeitos da crise internacional no Brasil.  

A marolinha, como Lula batizou esse tsunami que varre a economia mundial, pegou em cheio os Estados, começando com a redução dos repasses constitucionais, no caso o FPE, do qual os governadores do Nordeste têm uma forte dependência para fechar o caixa mês a mês.  

No caso específico de Pernambuco, Eduardo Campos fará ao presidente um relato dramático do Vale do São Francisco, região até então próspera, batizada de a Califórnia brasileira, e que está sendo sofrendo os horrores da crise, tendo já perdido 10 mil postos de trabalho.  

Ao seu lado, engrossará o coro o governador da Bahia, Jacques Wagner (PT), responsável pela gestão de uma parte atingida pelo São Francisco – a região de Juazeiro, cidade vizinha a Petrolina. Lula aproveita a presença dos governadores nordestinos para pedir o empenho deles na eleição dos presidentes da Câmara e do Senado. Mas, depois de tanto chororô, talvez falte até ânimo ao chefão para atuar como cabo eleitoral dos seus aliados no Congresso.

Fonte: Blog do Magno

Marolinha na agenda

  1. Pe. Antonio disse:

    Como acreditar que a crise do capitalismo que é mundial não atingiria o Brasil!!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *