Manifestantes acusam prefeitura de cortar fornecimento de água, mas ouvem que integrantes fazem uso de bebidas alcoólicas

9

cartaz prefeituraEnquanto tentam um diálogo com o prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), em relação à pauta de reivindicações – que inclui um percentual maior de redução na tarifa de ônibus urbano –, os manifestantes do Movimento ‘O Vale Acordou’ denunciam e são denunciados, ao mesmo tempo.

Um dos integrantes do movimento, Charles Freud Barbosa, acusa a administração municipal de ter mandado cortar o fornecimento de água do prédio da prefeitura, onde estão instalados desde a noite de ontem (15).

Já o Executivo lamentou que o momento de protesto sirva de pretexto para alguns manifestantes que foram vistos ingerindo bebidas alcoólicas durante a mobilização. Os estudantes negam que tivessem bebido nas dependências da prefeitura, tanto que afixaram um cartaz na porta de entrada (foto), pedindo para os colegas não consumirem esse tipo de bebida enquanto fizerem a manifestação.

9 COMENTÁRIOS

  1. Claro que isso já era esperado, o prefeito vai fazer de tudo para deixar o movimento desgastado junto a população, essa de que o movimento fez consumo de álcool é um desses exemplos que o prefeito pode usar , o próprio movimento sabe que se fizer consumo de álcool vai ser explorado, espero que esse gestor que tem tudo para ditador, gozador, esnobe, realmente faça uma reunião proveitosa, é o que esperamos todos os petrolinenses.

  2. Quem colocou o cartaz foi o movimento. Sabemos da seriedade da nossa luta. Por isso evitaremos atitudes que possam prejudicar o movimento #OValeAcordou. Peço que corrijam a matéria.

    • Não acredito que esse cartaz tenha sido escrito por alunos de nível superior. Sou do tempo que aluno não passava de ano se não soubesse ler e escrever corretamente!

  3. O prefeito está tentando descaracterizar o movimento plantando inverdades sobre os manifestantes! Não acredito que os manifestantes que há algum tempo estao organizando movimentos belos pela cidade para reivindicarem seus direitos iriam jogar tudo fora por causa de ingestao de bebidas alcoolicas . Conhecendo o modo do prefeito isso so pode ser mais uma mentira

  4. Consumo de bebidas alcóolicas não é ilegal em protestos.

    Por outro lado, os manifestantes não podem exigir regalias após invadirem a Prefeitura. É mais do que esperado que tenham água e energia cortados.

    • Verlandia, até hj a gente espera as fotos que vc disse que tem!!

      E é manifestaNDO!! e MIM não conjuga verbo!
      Estude,estude, pq desse jeito Julio Lóssio não arranja emprego pra você não!!

      Saudações da linga portuguesa pra você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome