Lucas Ramos vê “incoerência” do prefeito Miguel Coelho sobre serviço da Compesa em Petrolina

4
Foto: Ascom/divulgação

Aliado político do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, o deputado estadual Lucas Ramos (PSB) pôs pimenta na discussão em torno da queda de braço entre a Prefeitura de Petrolina e a Compesa. Cumprindo nova agenda na cidade, Lucas disse ao Programa Opinião, da Grande Rio AM, nesta segunda-feira (9), que vê uma “incoerência” no discurso do prefeito Miguel Coelho (PSB).

Segundo o socialista, a gestão vê incompetência da Companhia em gerir o sistema de abastecimento d’água e o esgotamento sanitário de Petrolina, mas ao mesmo tempo permite que a Compesa participe de um processo que prevê uma nova concessão para o setor. Apesar de pertencerem ao mesmo partido, Lucas e Miguel são atualmente adversários políticos.

4 COMENTÁRIOS

  1. Esse imbróglio já vem de longa data. Com prejuízos para os usuários/consumidores. Sempre que assume um novo prefeito se cria obstáculos à continuidade de contratos firmados. Revelam tais ações puro oportunismo, visando tirar mais benefícios em desrespeito aos negócios firmados. Tudo depende das vinculações partidárias. É vergonhoso tal proceder……

  2. É a primeira vez que eu vejo um deputado ter como tema principal de um mandato o ciúme e a inveja de outro político por esse ter sido mais bem sucedido que ele. Lucas, deixa Miguel trabalhar, mostre que serve para algo além de críticas supérfluas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome