Lóssio diz que Saúde de Petrolina enfrenta dificuldades estruturais

por Carlos Britto // 14 de fevereiro de 2009 às 09:00

Há pouco mais de um mês à frente da Secretaria de Saúde, José Mendes vem se reunindo com os coordenadores de cada setor e adianta que os problemas são maiores do que a atual gestão esperava.  Fatores como: falta de medicamentos e equipamentos necessários, deficiências de pessoal e estrutural foram algumas das celeumas deixadas pela gestão passada.

Segundo ele, das 64 equipes de saúde do município, 17 são Estratégias de Agentes Comunitários, composta de enfermeiros e agentes comunitários, e as 47 restantes são da Estratégia de Saúde da Família (ESF) com médicos, enfermeiros e agentes comunitários de saúde (ACS), mas apenas 25 destas estão completas. “Descobrimos que há um quadro insuficiente de médicos, e que o horário de atuação dos mesmos também não atende a demanda de pacientes do município e das cidades compactuadas”, assegura José Mendes.

Outras situações destacadas pela coordenadora de Atenção Básica, Claúdia Galindo, são as estruturas deficientes e condições inadequadas de trabalho nos postos e consultórios odontológicos do município. A diretora de Atenção Básica, Neila Abrantes Lobo, relata ainda, que os serviços do Pronto Atendimento de Saúde (PAS) estão comprometidos, que apesar de funcionar 24h por dia, todos os dias da semana, a média de atendimento está muito acima do programado. “Mesmo sendo uma unidade pré-hospitalar, o PAS está fazendo uma média de 250 atendimentos, muitos ambulatoriais para suprir a deficiência das unidades básicas”.

De acordo com José Mendes, os serviços oferecidos pelos SAMU, Policlínica, CAPS II, CAPS AD, CEO e o Centro Auditivo também exigem medidas emergenciais. “Alguns serviços estão sem funcionamento há muito tempo. O Centro Auditivo, por exemplo, não tem material, fizemos o pedido e estamos aguardando, os postos de saúde saqueados, sem medicação, também já solicitamos e estamos aguardando chegar. Sem contar com as instalações inadequadas do CAPS e do CAPS AD. São problemas que demandam tempo, mas estamos voltados para solucionar”, pontua.

Mas o secretário alerta que apesar do caos, as coisas vão se ajustar. “Conseguimos a aprovação do Ministério da Saúde para reformar e ampliar algumas unidades básicas de saúde e comprar materiais e equipamentos. Estamos aguardando a liberação destes recursos”, informa, ressaltando que a Secretaria está em processo de contratação de clínicos gerais e oferece um salário de R$ 5.600 para os médicos que atuarão na zona urbana, R$ 6.200 para os que se deslocarão para atender nas Unidades de Saúde da zona rural e R$ 10 mil para residir no distrito de Rajada.

O prefeito Júlio Lóssio garante que a proposta é implantar uma nova política de gerenciamento da saúde pública em Petrolina, adotando projetos para otimizar e humanizar os serviços em saúde no município. “Temos o compromisso com a população petrolinense de melhorar a saúde ao longo destes quatro anos”, finaliza.

Fonte: Ascom prefeitura de Petrolina

Lóssio diz que Saúde de Petrolina enfrenta dificuldades estruturais

  1. Zumbi disse:

    Sra Graça, Secretária de Saude do governo anterior, me parece que a senhora neste momento deve um esclarecimento sério a população de Petrolina, que acreditava na senhora quando ia aos radios da cidade propalar que a Saude de Petrolina era contemplada com indices de cidade desenvolvida. Será que o Dr Mendes exagera?, ou a senhora ficou calada vendo o caos tomar conta do sistema de saude da nossa cidade?
    Com a palavra a senhora secretária.

  2. Na Tampa disse:

    Nenhuma residência seja de classe média ou pobre prescinde de muitas providencias diárias, semanais, mensais, anuais e eventuais. Quanto maior e mais pobre a família maiores são suas carências. Todavia o chefe de família está lá numa luta brutal buscando, pelo trabalho, resolver hoje o que é possível e se programando para resolver o que lhe parece mais difícil ou impossível. Assim é a luta de todos. Como se conceber, então, que um sistema de saúde de um município com tantas demandas tenham todos os dias suas necessidades totalmente satisfeitas? Logo saúde onde todo recurso é sempre pouco? Não Dr. Lóssio e Dr. Mendes qualquer um nas funções que vocês abraçaram tem que matar um leão todo dia. Isto aí não molezazinha não. Deixem de choramingar pelos os cantos e vão à luta. Estão querendo o que? Gritos e clamores não lhes vão promover. Somente o trabalho o fará. Vocês como os outros que passaram tem mais é que se desdobrar. Façam seus projetos, seus contatos e vão buscar recursos financeiros para executá-los. Vocês têm quatro anos pela frente de serviços exaustivos e nunca mais vocês poderão parar, sob pena de saírem como incompetentes. Isto é assim com vocês, sempre foi com os que passaram e sempre será com os seus futuros sucessores. Creiam, a situação já melhorou e muito. Guilherme não aguentou e chegou a fechar o D. Malan. Na administração pública a coisa é complicada, às vezes você tem que tomar decisões de risco para atender emergências inadiáveis e tentar consertar em seguida. Não fiquem aí a fazerem insinuações de desmando anterior porque vocês só fazem tumultuar o próprio dia dia de vocês na administração povão que é resultado e este vocês não conseguirão apresentar com conversa mole não. Se estão mal assessorados melhorem a equipe de trabalho. Bem, o que fazer é tarefa de vocês. Eu como munícipe, cidadão e eleitor que votou em Lóssio exijo ações eficazes de vocês e não estou mais disposto em ouvir choro de incompetência e medo. Boa sorte!

  3. Na Tampa disse:

    Nenhuma residência seja de classe média ou pobre prescinde de muitas providencias diárias, semanais, mensais, anuais e eventuais. Quanto maior e mais pobre a família maiores são suas carências. Todavia o chefe de família está lá numa luta brutal buscando, pelo trabalho, resolver hoje o que é possível e se programando para resolver o que lhe parece mais difícil ou impossível. Assim é a luta de todos. Como se conceber, então, que um sistema de saúde de um município com tantas demandas tenham todos os dias suas necessidades totalmente satisfeitas? Logo saúde onde todo recurso é sempre pouco? Não Dr. Lóssio e Dr. Mendes qualquer um nas funções que vocês abraçaram tem que matar um leão todo dia. Isto aí não é molezazinha não. Deixem de choramingar pelos os cantos e vão à luta. Estão querendo o que? Gritos e clamores não lhes vão promover. Somente o trabalho o fará. Vocês como os outros que passaram tem mais é que se desdobrar. Façam seus projetos, seus contatos e vão buscar recursos financeiros para executá-los. Vocês têm quatro anos pela frente de serviços exaustivos e nunca mais vocês poderão parar, sob pena de saírem como incompetentes. Isto é assim com vocês, sempre foi com os que passaram e sempre será com os seus sucessores. Creiam, a situação já melhorou e muito. Guilherme não aguentou e chegou a fechar o D. Malan. Na administração pública a coisa é complicada, às vezes você tem que tomar decisões de risco para atender emergências inadiáveis e tentar consertar em seguida. Não fiquem aí a fazerem insinuações de desmando anterior porque vocês só fazem tumultuar o próprio dia dia de vocês na administração. O povão quer é resultado e este vocês não conseguirão apresentar com conversa mole não. Se estão mal assessorados melhorem a equipe de trabalho. Bem, o que fazer é tarefa de vocês. Eu como munícipe, cidadão e eleitor que votou em Lóssio exijo ações eficazes de vocês e não estou mais disposto em ouvir choro de incompetência e medo. Boa sorte!

  4. A bem da verdade, saúde é cara e nenhum gestor, por melhor que seja, pode sanar todos os problemas da pasta.
    Em qualquer outra Secretaria de Governo, é possível fazer um planejamento mensal e cumprí-lo à risca.
    Na saúde isto não ocorre. Você não pode estabelecer que vai gastar “X” naquele mês. São inúmeros gastos extras e assim é INEVITÁVEL que as contas sejam roladas mês à mês como uma bola de neve. É preciso muitas vezes optar por resolver apenas uma coisa de cada vez.
    Conheço o colega Dr. Mendes e sei que ele é um profissional bem quisto entre a classe e interessado na gerência da saúde e sei que vai se empenhar ao máximo. Mas como eu disse, tenhamos paciência, pois não é nem de perto um trabalho fácil.
    Entretanto todo Secretário depende, claro, do empenho do Prefeito. E por Júlio ser médico, apesar de eu não o conhecer pessoalmente, creio que vá estar plenamente ao dispor do colega Dr. Mendes.

  5. ANÔNIMO PORÉM JUSTO disse:

    “Na tampa” falou e disse…show de bola !

  6. barbosa disse:

    “Anonimo porém justo” sinceramente vc não foi nada justo.O que na “tampa” falou foi um monte de baboseira.Nada que merecesse tal elogio.Se liga e analisa melhor estes comentariios seu “ANONIMO PORÉM INJUSTO”
    Tou com saudade é dos comentarios xulos de RICARDO BANANA BO.

  7. Paulo Roberio disse:

    Quando se está na arquibancada, fora do jogo, obviamente, é muito fácil e cômodo criticar os “jogadores”, “a comissão técnica” e o “técnico” principalmente. Quando passamos para dentro das quatro linhas do “campo” é que vemos que não temos fôlego suficiente para jogar os “90 minutos”, que nos falta “técnica”, que precisamos de “treinamento intensivo” e buscar “patrocinadores” para erguer o time e “vencer os desafios” durante todo o “campeonato”.

    Quem achava que era moleza e criticava, agora sente na pele quanto é difícil dar conta de uma área tão repleta de problemas como a saúde. Se fosse fácil, não assistiamos diariamente na televisão, os hospitias faltando leitos, medicamentos, profissionais, UTI,etc. etc, etc. Mas quem é médico, deve conhecer os caminhos a percorrer para
    “prevenir e curar” todos esses males.

    Não façam da Prefeitura o muro das lamentações. Choro não ressuscita o morto e desculpas não pagam dívidas! Cadê Raul Henry e o Senador Jarbas? Ah! ia esquecendo, eles só aparecem em período eleitoral!

  8. Vitorio Rodrigues disse:

    Amigo Carlos Brito

    Insisto na lembraça de que hoje é uma data especial para nós da comunicação social. Hoje é o aniversário da Rádio Grande Rio AM e tenho muito orgulho de está colaborando com a construção dessa histária ha 23 anos dos 28 que ela está completando hoje. Estou postando pela segunda vez este artigo. Ele merece sua atenção.

    RÁDIO GRANDE RIO AM, NOSSO CARINHO É IMENSO POR VOCÊ.

    Era o ano de 1981, eu estava morando em Recife e vinha a Petrolina, normalmente a cada 30 ou 45 dias. Na época eu não me separava de um radinho de pilha, nem mesmo quando eu viajava. Numa dessas vindas, ainda dentro do ônibus, mas chegando à rodoviária sintonizei uma certa emissora mesmo no momento em que tocava uma música sertaneja chamada CANA VERDE, da dupla caipira Tonico e Tinoco. Terminou a música esperei que o locutor falasse e dissesse o nome da rádio, mas ninguém falou nada. Mais uma música começou a tocar, depois mais outra e mais outra. De repente, uma voz inconfundível entra no ar: “aqui Rádio Grande Rio AM de Petrolina, 680 quilohertz, em fase experimental para todo o Nordeste”. Era a voz de Carlos Augusto. Aí meu amigo, eu sentir uma felicidade tão grande e me pus a imaginar: pôxa! eu já tenho um orgulho danado de minha Petrolina por ter uma emissora de rádio, me refirindo a Emissora Rural, agora com duas eu vou mesmo é esnobar lá em Recife quando eu voltar. Depois nas minhas idas e vindas de Recife/Petrolina fui sentindo a força da comunicação dos profissionais que integravam a equipe da jovem emissora que acabara de se instalar, agora em caráter definitivo. Carlos Augusto com seu Forro, salvo engano, chamado de “FORRÓ DA BULANDEIRA”, hoje FORRÓ DO POVO. Lembro também da voz de Aloizio Gomes, Sivuca, estreando o programa AGENTE 6.8.0, o que seria a maior audiência do Rádio AM regional. O tempo passou, eu nem sonhava que seis anos depois estaria lá nos stúdios da Grande Rio AM, apresentando um programa que lancei chamado de BOA NOITE SERTÃO. A estréia foi no dia 18 de maio de 1986, depois virou SALADA MUSICAL e hoje GRANDE RIO RÁDIO SHOW aos sábados das 8h00 às 9h00 da manhã. Posso até pecar por não lembrar de todos que naquele tempo já ajudavam a construir essa história de sucesso que hoje completa seus 28 anos de inaugurada. Mas eu me lembro de Edivaldo Torres, Edenevaldo Alves, Joseildo Carlos, Jerônimo Bezerra, Farnésio Silva, Izaurino Brasil, Johnez Rodrigues, Edson Alves, Carlos Brito, Welington Alves, Edmilson Luis, Joélio Alves, Josildo Silva, Paulo Borges, Daniel Campos, Marcelo Damasceno, o Técnico Petrônio Porto (in memorian) Aldemir Oliveira, Dona Pedrina, Geusinha e tantos outros que eu não lembro agora. Mas a história continua em construção, com Francisco Fernandes, Carlos Augusto, Francisco José, Elias Cruz, Almir de Castro, Zé Maria Silva, Natanael Cordeiro, Vinicius de Santana, Zé Cachoeira, Inah Torres, Washington Luis, Socorro Nascimento, Joaquim Ganha Pouco, Coronel, Rosenilda Alves, Eliel Mendes, Washington Mendes (Bobe), Jonh Mendes, Valdir Romão, Edinalda Freitas, Wilmário Rocha, Dona Maria, Zuleide, Cleiton, Theones Batista, Guanair Athanásio, Marla, todos os apresentadores dos programas evangélicos e, claro, eu que faço parte dessa história há 23 anos. Todos nós, juntamente com seus diretores proprietários e os ouvintes que nos acompanham, desejamos que esta data se repita sempre com muito sucesso, que esse sucesso seja sempre o fruto de um trabalho sério, responsável e acima de tudo, feito com muito amor e carinho. Parabéns Rádio Grande Rio AM, parabéns Chico Fernandes, que também é aniversariante do dia.

    Vitorio Rodrigues de Andrade
    Programa Grande Rio Rádio Show
    Rádio Grande Rio AM

  9. Jovino disse:

    Entendendo que boa parte dos gastos em Saúde são decorrentes do uso de Insumos, medicamentos e Materiais Médicos, um bom caminho pra se diminuir gastos é adotar uma política de Assistência Farmacêutica, visando o planejamento das aquisições e a otimização da utilização dos insumos. Infelizmente, em boa parte do país, os olhos ainda não se abriram pra essa questão. Acredito que pelo menos 60% dos gastos de qualquer hospital seja com esses produtos farmacêuticos.

  10. Na tampa disse:

    Barbosa, eu acho muito natural você fazer também as suas barboseiras. Você confessa que sente saudades de comentários xulos. Fazer o que? Tenho mais é que respeitar o gosto de cada um.

  11. Robson Patrício disse:

    É inadiável fazer um comentário neste momento, pois fico a observar o que esta acontecendo por trás dos bastidores com o nosso executivo, por menos tempo que tenhamos a frente deste muncipio, é preciso que o executivo acorde e diga as soluções para cada problema encontrado; a fadiga de todos os dias esta na midia trazendo a tona problemas relativo ao financeiro, a saúde e tantos outros pelo Prefeito Julio Lossio, vale lembrar ao nosso Prefeito que ele já é o PREFEITO DE PETROLINA, e para tanto, não tem ele que reclamar, pois todas as soluções e busca de recursos, somente ele pode intermediar e resolver os problemas.
    Chega!!!!!!! Vamos regaçar as mangas da camisa, é hora de humildade, é hora de trabalhar com “AS PESSOAS”.
    Lembro-me Dr Julio de quando assisti a subida do Presidente Luiz Inacio Lula da silva na rampa do planauto, a emoção que toda uma nação sentiu naquele momento, Lula tem e continua tendo a aceitação do povo, pois apenas desta forma tem se mantido no poder, pois diferente disto a tempo ja teriam lhe tirado o poder de governar o Brasil a muito tempo.
    Por isto Dr Julio trabalhe pelo povo! Lembro-me daquele encontro no restaurante da dona Dudu em que o então candidato Julio Lossio dizia: “Que um grande governo não se faz pelas obras e sim pelo travalho voltado ao povo”, ande ao lado do povo e o povo estará ao seu lado, não tente esquecer do povo para atender tantos acordos, pois lembre-se que enquanto a classe baixa lhe apoiava e lhe dava confiança a classe alta lhe virava as costas.
    O poder emana do povo!!!!!!!!!!

  12. antonio carlos disse:

    Esse povo de gonzaga não para de chorar e nunca, e nem de querer dar opiniôes sem fundamentos. esperem perdedores vocês tem mais e que ficar de bico calado. daqui mais alguns meses quando o resultado do trabalho aparecer ai e que o choro vai cair solto. a nova Petrolina veio para melhorar a vida do nosso povo, aguardem e vocês verão o resultado. e o nosso prefeito só tem 40 dias de trabalho e a oposição sabendo que a medida que estão sendo tomadas irão dar resultado, ficam fazendo oba oba. chora chora chora chorouuuuuuuu.

  13. envergonhado disse:

    Acho que está na hora de parar de falar e começar a TRABALHAR….pega os teletubs(secretários) e vai trabalhar antes que FBC volte. PQ quando ele voltar tenho até pena dos incompetentes.

  14. Na tampa disse:

    Como é mesmo Antônio Carlos? 40 dias de que? De trabalho? Corrija o vernáculo homem, 40 dias de choro, reclamação e atrapalhada. Isso sim!..

  15. antonio carlos disse:

    NA TAMPA não e facíl arrumar uma casa com tanta bagunça como foi encontrada a prefeitura, seria mais complicado se o nosso prefeito não tiverse a competência que Dr Júlio e toda sua equipe tem, mais se tratando dele voce pode ficar calminho bem tampadinho no seu lugar, e aprenda como se arruma uma bagunça como essa que ele encontrou. o antigo prefeito gostava muito de colocar placa e não fazer o serviço, deixando o povo com muita raiva. e quanto a divulgar os ploblemas e nessesário para que o povo saiba como foi encontrada a prefeitura que se dizia estar toda organizada e com muito dinheiro em caixa, só papo furado e isso não e choro e ser honesto com as pessoas. quanto as suas reclamações eu entendo sabe porque, niguem atrira pedra em árvore que não dar frutos. eu falei aguarde bem tampadinho.

  16. Hércules Batista disse:

    Meu caro,

    Antonio Carlos o problema é que a Saúde não espera, se este Secretário que aí está, for começar a chorar ao invés de arregaçar as mangas e correr atrás do prejuízo as coisas vão ficar piores e depois se a saúde estivesse bem não precisaríamos de um novo secretario e nem de um novo prefeito, portanto deixe de chorar apontar os erros do que já foram e comecem todos os secretários a fazer alguma coisa para melhorar o que passou, passou, bem sabe quanto eu ti quis. E um aviso para o Prefeito, Médico como Secretario não dar certo.

  17. Cadê disse:

    O hipocrita do Sr Antonio Carlos de volta, larga o teu cargo comissionado e passa a olhar a cidade de forma imparcial, não tem ninguém fazendo comentário de má fé quanto ao Preefito Julio Lossio, apenas todos nós queremos que a nova petrolina dê certo e para dar certo precisamos que não apenas o prefeito, mais sim o conjunto (prefeito, secretários e os puxa sacos comissonados como você)
    Nós que buscamos a nova petrolina esperamos muito mais do que lamentações, queremos trabalho e se for necessário reclamar das gestões anterior que diga o que tem de errado, mais primordialmente apresente soluções, como: se a saúde ta com dificuldade financeira, e ai onde buscar recusos? Se a coleta de lixo ta super faturada, cadê a licitação pública para uma correncia leal e justa, para que tenhamos um preço justo pelo serviço prestado? Se a educação não tava bem, cadê os novos projetos? Se não temos mais pátio de eventos para as festividades de petrolina, aonde será feito o proximo?
    É assim Hipocrita Antonio Carlos, o trabalho + determinação + ousadia + dinamismo + alinhamento politico + vontade de trabalhar pelo povo forma uma formula mágica para uma boa administração, pois estamos a 44 dias da nova administração e até agora não sabemos quais serão os destinos traçados para a nova petrolina.

  18. antonio carlos disse:

    HÉRCULES BATISTA todos nós sabemos que quando se assume quanquer secretária, a primeira coisa a se fazer e um levantamento de tudo ou seja desde os funcionários aos equipamentos. e por obrigação e informar as pessoas que são os que precisam do serviço de como estar a situação, para que elas saibam diferente de algumas pessoas como voce entender que tudo requer um tempo para se arrumar a não ser que a situação forsse como a antiga gestão havia anuciado, que tudo estava otimo e não e verdade. agora o serviço não vai parar e com certeza o secretário já estar trabalhando e muito para arrumar tudo. agora não precisa ser muito inteligente para saber de que como as coisas como foram encontradas requer algun tempo para deixar em ordem, porém nada vai parar tem de se arrumar com ela andando. dificíl e querer que voce diga isso para todos, pois a oposição tem uma meta conturbar a situação que estar sobre controle. e pra isso que o povo elegeu A NOVA PETROLINA , um abraço.

  19. antonio carlos disse:

    CADÊ ???? + MAIS CALMA + MAIS SUCO DE MARACUJÁ + OITO ANOS + A NOVA PETROLINA + CHORO + AGONIA + CORAÇÃO + DESESPERO – 40 = 15 + CADÊ PERDEDOR + DERROTA + PÈ FRIO. CALMA CADÊ, ZAGUINHA VAI TE CHAMAR EM 2010 PARA CHORAR COM ELE MAIS UMA DERROTA . CADÊ SARÁ QUE SE UM DIA EU PERDE VOU FICAR LOUCO E DEZESPERADO COMO O CADÊ, SERÁ CADÊ. DIGA LOGO CADÊ POIS SE FOR EU ESPERO QUE MEU CORAÇÂO SE IGUAL AO DO CADÊ. O CORAÇÃO DO CADÊ E TÃO FORTE ELE SENTE TANTA RAIVA POR TER PERDIDO A ELEIÇÃO COM ZAGUINHA E O CORAÇÃO DE AGUENTA O RAIVA DELE, QUERO UM IGUAL AO DO CHORÃO CADÊ.

  20. Nélio Petronilo disse:

    A minha opinião/sugestão é que Dr. Julio devia ter colocado PATRICIO, como secretario de saude, pois ele esta vindo das gestões de Dr. Fernando e Odacy onde ocupou o cargo de superintendente de Angela Carneiro e Graça Carvalho, e é proprietario de um bom conhecimento nessa area.

    Que Deus ilumine a todos……

  21. Dantas Coronario disse:

    LEMBROU BEM, VIU NELIO.

  22. Carlos Alberto Lopes Viana disse:

    Na minha opinião Patrício se sairia bem em qualquer secretaria, pois tem competencia e compromisso com os ideais da Nova Petrolina.

    A prefeitura está indo bem…

    Deixem o homem trabalhar e parem de lamúrias, derrotados!

  23. Cadê disse:

    É isto mesmo……… o Sr antonio Carlos só sabe dizer suco…..maracujá…..calma, mais será que trabalho você não conhece, sai fora ANTONIO CARLOS pois ninguém aguenta seus comentários sem fundamentos, pois o unico teor do seus comentários é de um cara que tem obrigação de dizer que o prefeito vai bem, mesmo que esteja tudo mau, pois você ganha este salario pra isto, e melhor quanto é este misero salario………….420,00 ou desculpa aumentou agora foi pra 460,00 este é o salario dos babãos, vai procurar um trabalho honrado e deixe o povo se expressar, você é um coitado de pouca cultura

  24. O calculista disse:

    È muito xarope! Tá doido…Tem quem aguente não… Desculpem-me as execeções. Computador guenta é coisa, viu?

  25. antonio carlos disse:

    CADÊ CADÊ CADÊ??? neste caso eu fico calado, pois nunca fui BABÃO, voce que fala por experiência própia sobre o salário de um BABÂO, não sei quanto tempo voce passou como tal. mais se para ser ser BABÃO se paga tão pouco, devemos ter muita pena de voce CADÊ, e sobre o suco de MARACUJÁ e porque eu fico preoculpado com voce, que fica tão agitado nós seus comentários pois tem coração que não aguenta fique calmo CADÊ, já disse a voce OITO ANOS passa rápido, desse jeito voce não vai votar nas próximas eleições de 2010, e ai não vai ter choro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *