Ligações clandestinas prejudicam obras de pavimentação em Petrolina

por Carlos Britto // 22 de julho de 2021 às 10:01

Foto: Ascom PMP/Seinfra divulgação

Ligações clandestinas na rede de água e esgoto estão prejudicando o andamento de obras de pavimentação em Petrolina. O alerta está sendo feito pela Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra). Uma das comunidades afetadas é a do Bairro Ouro Preto, onde a prefeitura está investindo mais de R$ 1.349.000,00 no serviço.

A Rua Clara Nunes foi uma das mais festejadas à época do anúncio das obras no bairro. Após estudo técnico e rebaixamento de rede feitos pela Compesa, a via de mais de 600 metros foi liberada para receber a nova pavimentação. Mas nas últimas semanas o andamento da obra precisou ser desacelerado após identificação de vazamentos e redes clandestinas de esgoto.

A empresa contratada pela prefeitura já havia feito levantamento topográfico, rebaixamento da rede de esgoto e começou o processo de execução de base, imprimação, escavação e assentamento do meio-fio em alguns trechos. Os trabalhos foram iniciados no primeiro semestre deste ano. A Rua Clara Nunes, no bairro Ouro Preto, recebeu investimento inicial de mais de R$ 300 mil.

É lamentável que esse tipo de situação aconteça após parecer técnico favorável da Compesa para o início das atividades. Todo o trabalho executado, até o momento, corre o risco de precisar ser refeito, uma vez que, será necessária a implantação de uma nova rede de esgoto no local“, informou o secretário Fred Machado.

Pendências

Nesta quinta-feira (22) a prefeitura já encaminhou à Gerência Regional da Compesa uma relação com todas as pendências identificadas pelas equipes de fiscalização do serviço de pavimentação do município. No documento, foi solicitada a apresentação de um cronograma com previsão de início e término dos reparos necessários para a continuidade das obras de pavimentação.

Ligações clandestinas prejudicam obras de pavimentação em Petrolina

  1. Pé no Saco disse:

    Sim e quem vai pagar tudo de novo por esta lambança,claro que é o povo,e de sobra vai sobrar mais para o bolso de alguém.

  2. Paulo disse:

    O roubo no Brasil é generalizado todos querendo levar vantagem

  3. Marcos Vinícius disse:

    Prezados, boa tarde!

    Venho fazem um apelo em nome da comunidade do bairro Parque Mandacaru em Petrolina. 

    Nós estamos abandonados, humilhados, e sem o direito à dignidade da pessoa humana, pois muitas são as calamidades que nos assolam aqui a quatro quilômetros do centro dessa cidade. Falta de estrutura, mobilidade urbana e saneamento básico fazem parte do dia a dia dos trabalhadores, estudantes, crianças e idosos que aqui vivem. Ademais, ressaltamos o fato de que algumas ruas nem água encanada têm -grande absurdo!-. Ora, minha gente! Estamos falando aqui da vulnerabilidade a qual somos expostos diariamente, pois a diarreia, a dengue, chicungunha e entre outras doenças são provenientes da falta de saneamento básico e acúmulo de água (cena muito comum em Petrolina-PE), também, a falta de transporte público e pavimento fazem trabalhadores e estudantes se rastejarem até um ponto mais próximo (cerca de 1 a 2 km de distância), sob a lama e a poeira das ruas arenosas, para pegar uma condução até o seu destino. Outrossim, falta escolas, postos de saúde, policiamento efetivo, lazer e cultura para essa região da cidade. Portanto, pedimos o apoio da mídia petrolinense, cidadãos e autoridades, para que essa realidade possa ser modificada!

    Marcos Vinícius 

    Cidadão Petrolinense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *