Leonardo Bandeira ouve demandas de Lucinha Mota por melhorias para escola que leva o nome da filha dela

0
Foto: Pedro Ângelo/PMJ divulgação

O vice-prefeito de Juazeiro (BA), Leonardo Bandeira, reuniu-se nesta segunda-feira (3) com Lucinha Mota, mãe da menina Beatriz Angélica, assassinada em dezembro de 2015 numa festa de formatura do Colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina. Acompanhada do líder comunitário Berinho de Maniçoba, Lucinha pediu melhorias na infraestrutura, bem-estar e na segurança da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) que leva o nome da filha dela.

A EMEI rendeu homenagem à garotinha, que à época tinha 7 anos quando foi barbaramente morta a facadas, ao batizar o estabelecimento de ensino com o nome de Beatriz. Leonardo ouviu todas as demandas e se comprometeu a levar as solicitações à Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) do município.

A Prefeitura de Juazeiro começou a fazer reformas em algumas escolas do município e vamos dar uma atenção especial também para a EMEI em memória da menina Beatriz. Vamos encaminhar essa demanda à Seduc e, dentro do planejamento da prefeitura, analisar como poderemos realizar essas melhorias“, frisou o vice-prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

13 + doze =