Vereador Leonardo Bandeira: “Continuo na oposição”

por Carlos Britto // 17 de junho de 2009 às 10:00

leonardo-bandeira3O vereador Leonardo Bandeira (PT) continua decidido a fazer oposição ao prefeito Isaac Carvalho (PC do B). Divergindo da orientação do partido que o apoia e que, até agora, espera receber uma secretaria do governo municipal, o vereador se mostrou tranquilo quanto a sua posição. “Fui eleito num palanque diferente do de Isaac Carvalho, durante toda campanha não achava que o prefeito que está ai fosse o mais adequado para governar Juazeiro, continuo com o mesmo posicionamento”, explicou.

Leonardo justifica  seu “afastamento” das grandes polemicas envolvendo a oposição. “O que acontece é que eu não vou criar fatos para criticar o governo. Mas não concordo com o governo que não reconhece o que está errado, apesar de todas as reclamações eles insistem que está tudo bem. O que acontece é que às vezes não nos pronunciamos para não parecermos repetitivo”, explica.

Em relação a orientação do partido Leonardo acredita que  o PT respeita sua posição e garante que não faz oposição ferrenha. “Sou uma pessoa disciplinada, só não posso aceitar que a posição de alguns prevaleça sobre a minha, até porque eu não fui convencido, eu fui vencido em uma votação. Tenho Certeza que o PT respeita minha decisão. Até porque não sou uma oposição ferrenha, sou oposição propositiva. Não é a toa que votamos nos projetos do governo sem nenhuma negociata, voto quando acho correto”, alega.

Vereador Leonardo Bandeira: “Continuo na oposição”

  1. Feeling disse:

    Dá vontade até de rir… é por isso na campanha dele fiz um gesto obseno para ele e para a corja ao seu lado. Fala sério afirmar nas entrelinhas que Bandeira seria o candidato mais apropriado. Lembremos do governo medíocre de Joseph “Paletó Velho”. Com ele a cidade vira uma bagunça. Já que diz ser uma oposição propositiva cade suas propostas???? É a grande dúvida!

  2. Rinaldo disse:

    É ululante mesmo, ele só pode ser oposição afinal a situação é do pai dele. Juazeiro virou a mesa e derrubou dois velhos políticos de uma vez. Afinal todo Leite Ninho que ele tomou, foi com o dinheiro da prefeitura. É gratidão paterna.

    É esperar para o governo de Issac não perca a janela da oportunidade concedida. E que o Leornado seje melhor para Juazeiro do que foi o pai dele, pois nesse não voto mais.

  3. Alex Vieira disse:

    Aprecio a postura de Leonardo, acho que o caminho correto da oposição consciente passa pelo discurso dele. De mais a mais não existe democracia sem debate ou sem ponto divergente, todo projeto pode ter falha ou ser conduzido de forma errada, portanto acho prudente o seu comentário, diferente do que tem feito Alex Tanury, fanfarrão assumido e meltraladora ambulante, no afã de aparecer a qualquer custo. O governo de Isaac vai muito bem, com os pés no chão, mas ainda há muito para melhorar. Acredito muito num futuro próximo bem melhor para a nossa cidade.

  4. Pedro Militão Filho disse:

    Defender o governo Issac, é defender o indefensavél, este prefeito que já existe contra o mesmo , uma ação publica, no ministério publico pelo falecimento de um cidadão juazeirense por falta de atendimento médico, e a qualquer momento será protocolado uma intervenção federal na saúde, por isso entendo que o vereador Leonardo Bandeira caminha certo na oposição.” A JUSTIÇA JÁ TIROU DA CADEIRAS VARIOS PREFEITOS, POR DESRESPEITAR A LEI, QUEM SABE ISSAC PODERÁ SER O PROXIMO, ELE NÃO É SUPERIOR A CONSTITUIÇÃO”

  5. Feeling disse:

    Este senhor acima parece ainda estar revoltado com o resultado das eleições! Meu caro eu não sei qual é a sua se é Jacaré ou Paletó Velho só afirmo que indefensável são estes benditos camaradas, basta observar as noticias do TCM e confirmar. Ambos tiveram contas rejeitadas!!

    Ps: Indefensável possui acento agudo no “a”.

  6. Não acho que em política exista “lado errado”. É relativo. Penso que eleitor que vota em Misael e em Joseph vota por paixão política. Eu tenho apenas 5 anos na região, mas aprendi a admirar Misael. Votei nele. Agora Isso não me impede de reconhecer os avanços de outros gestores, nem de esperar melhorias. Como servidor público municipal sei que o que vier de melhor para a população se refletirá em melhoria também para os servidores. Por isso quero que o governo de Isaac seja bom. E como funcionário tenho que fazer o melhor de mim, qualquer que seja meu “patrão”.
    aluilce@spfc.com.br

  7. Alex Vieira disse:

    Não sei como um ignorante desses que tem acesso à internet pode proferir em um só parágrafo impropérios dessa natureza. Ô “MILITÃO” vai defender o teu bairro e para de dizer mentiras. Uma intervenção federal há que ser aprovada pelo Congresso Nacional, em maioria absoluta. Isso nunca aconteceu no Brasil. Se o governo quer intervir construa um hospital federal em Juazeiro ou mande o Sarah Kubchek pra cá. A saúde nesse país é ruim por culpa de pessoas como você, desinformado e aculturado que sempre empenhou o voto pra quem primeiro lhe desse algum trocado. Pára com essa revolta, aprenda a perder com classe, diplomacia e coloca esse rabinho entre as pernas. Pára de sonhar que Napoleão não voltará de Santa helena, não haverá retorno. Já provou sianureto de potássio?Joseph ou Misael?

  8. Marcio Silva disse:

    Gostaria de Lembrar ao amigo Pedro Militao, que Juazeiro nao esqueceu a tragédia que foi o governo de Joseph Bandeira,como também o desastre que foi governo de Misael. Pedro o povo cansou desses dois,optou pela mudanca,vc que se diz um defensor da democracia deveria respeitar o direito soberano do povo, cai na real Militao, o mundo mudou e Juazeiro nao ficou pra traz, vamos deixar Isaac governar.

  9. Pedro Militão Filho disse:

    Senhor Alex Vieira,

    Se o prefeito, estiver ouvindo este seu conselho, ele pode se preparar, porque os comunitários de juazeiro ,estão no estado democrático de direito, vamos fazer uma grande mobilização de repercursão nacional, e a internet será um dos nosso instrumentos de mobilização, talvez o senhor não conheça o nosso poder de fogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *