Leitora do blog reclama do lixo na Aristarco Lopes e sugere medidas

por Carlos Britto // 08 de janeiro de 2009 às 08:06

Olá Carlos Britto, novamente, nós com o problema do lixo na rua Aristarco Lopes.
O nosso Prefeito vai ter muito trabalho com o lixo na nossa cidade.  Ainda bem que ele é médico e sabe do perigo do lixo para a saúde!!!!! Mas que tal começarmos com uma campanha educativa, e depois multa!!!!! Tem mais, gostaria de sugerir aos vereadores que fizessem um projeto de lei,  para que toda casa, predio, loja, enfim toda construção tenha  o bota-fora, ou um lugar específico para o lixo ou a cesta de lixo, todos numa altura a ser padronizada. Assim o lixo não ficaria nas calçadas, nas passagens, não ficaria exposto a cachorros e gatos, não correrria o risco nas chuvas de entupir as galerias e ainda não iria parar no rio, poluindo tudo, e a nossa cidade voltaria a ser uma das mais belas e limpas do Nordeste.

Um abraço de sua leitora.

Leitora do blog reclama do lixo na Aristarco Lopes e sugere medidas

  1. A Secretaria Municipal responsável pela limpeza urbana de Petrolina tem que jogar duro contra os proprietários de terrenos baldios espalhados por toda a Cidade. Com esses terrenos abandonados sem muradas a Cidade aos poucos vai se transformando num imenso lixão.
    São pessoas que adquirem terrenos com uma única finalidade: especulação imobiliária.
    Os terrenos abandonados sem a devida murada e calçadas trazem grande transtornos para as famílias com residências próximas.
    A Prefeitura pode muito bem encaminhar Projeto ao Legislativo propondo a desapropriação para interesse público desses terrenos abandonados, vez que a cobrança de multas, taxas e impostos progressivos não tem sido eficazes.

  2. João Telê disse:

    Muitísimo importante a idéia de se fazer campanhas educativas, antes, durate e depois das multas aos infratores. Campanhas publicitárias educando o povo. Se o povo já é educado, mesmo assim se deve invesir na manutenção do bom compotamento. Neste momento a punição funciona muito bem. Não conheço nenhum adminisrador no mundo que consiga manter limpa uma cidade, no porte da nossa, se a população é mal educada e não tem nenhum cuidado em não sujar. É muito usual ver pssoas muito bem trajadas, dirigindo um carro de luxo e jogando pela janela do carro, baga de cigarro, embalagem de chiclete, de chocolate, resto de frutas etc. etc… O lixo das casas é muito mal destinado. As pessoas não valorizam um bom lixeiro, colocam o seu lixo de qualquer jeito. E os garimpadores de lixeiras que derramam nas calçadas, quando buscam algo ainda aproveitável ou reciclável? Pensando bem é no lixo onde se econtra o conceito comportamental de muita gente. Imagine uma casa com dez pessoas a sujarem e a dona da casa sozinha a limpar. Quanto tempo e energia ela perde? Na adminstação púbica há uma diferença importante, quanto mais se suja mais “o dono da casa” se dá bem, “ganha” dinheiro. A limpesa pública é muito difícil de se dimensionar e é justamente aí por onde a turma mete a mão no dinheiro público. É muita grana…
    Pensem nisto!

  3. Pedro Lupion disse:

    Quem será que está sujando sua rua Carlos Britto? Será seus vizinhos? Ou você também contribui por esse mal exemplo?

  4. antonio carlos da silva disse:

    e uma vergonha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *