Leitora chama atenção para acidentes na Avenida Cardoso de Sá e critica falta de investimentos

por Carlos Britto // 22 de julho de 2013 às 11:00

2013-07-20-031_640x360Cansada de presenciar vários acidentes na Avenida Cardoso de Sá, em Petrolina, a leitora, Ana de Cássia escreveu ao Blog para criticar o descaso das autoridades. Em artigo, a leitora questiona: Para onde está indo o dinheiro dos impostos pagos pelos cidadãos, que deveriam servir para sanar problemas como esses.

Acompanhem:

Há 26 anos, quando estava prestando vestibular no Campus UPE/Petrolina, presenciei o primeiro acidente grave que causou a morte de duas vestibulandas na Avenida Cardoso de Sá. Até hoje guardo na memória a cena trágica daquele momento. No mesmo ano (1987), quase morri em outro acidente no mesmo local.

No decorrer dos anos, continuei a presenciar ou saber de outros desastres ocorridos no mesmo local. Alguns anos atrás, a filha de um político local também sofreu um grave acidente e, pela primeira vez, fizeram alguma benfeitoria naquele pequeno trecho(colocaram sinalização e redutor de velocidade). Também recebi minha primeira multa. Na época, uma empresa foi contratada para o serviço de instalar aparelhos e multar os condutores.

Onde está o dinheiro de tantas multas aplicadas? Porque os aparelhos sumiram? onde está o dinheiro de tantas multas aplicadas?  Cadê as melhorias da Cardoso de Sá?

Ao logo dos anos, vários presidentes, governadores e prefeitos passaram, mas nenhum assumiu a responsabilidade de fazer melhorias – pavimentação, sinalização, fiscalização e redutores de velocidade (que o digam os estudantes da UPE, Aplicação, Facape, transeuntes e moradores da avenida, como é o meu caso). O governo municipal joga a responsabilidade para o governo federal, como prefeitos anteriores o fizeram.

De quem é a responsabilidade? Ou todos são responsáveis?

Ssexta-feira ocorreu um grave acidente com uma vítima e, hoje (sábado, dia 20), novamente presenciei outro acidente e fotografei algumas cenas no trecho próximo ao batalhão. Cadê o dinheiro dos impostos que pagamos com tanto sacrifício (IPTU, IPVA, IPI…)? Cadê o dinheiro da Zona Azul? Em que ele é empregado?

Aquelas vestibulandas, como eu, tinham um futuro pela frente, mas por descaso de nossos governantes tiveram suas vidas ceifadas em um acidente que poderia ser evitado há 26 anos, num local em que até hoje faz muitas vítimas.

Ana de Cássia Cavalcanti Ferreira/Comunitária

Leitora chama atenção para acidentes na Avenida Cardoso de Sá e critica falta de investimentos

  1. Rafael Palmeira disse:

    Caro leitores a Avenida citada realmente é muito perigosa,mas não por culpa da via e sim dos condutores que não desobedecem as leis de trânsito , na maioria das vezes os acidentes de trânsito acontecem por falha humana,como a própria senhora que escreveu a reportagem citou quando colocaram fiscalização ela mesma foi multada e não foi culpa das empresas que colocaram fiscalização e sim dela que desobedeceu alguma regra do código de trânsito. Gostaria de deixar aqui a minha diga para os condutores,em vez de procurar os culpados nós temos que procurar é quem pode evitar os acidentes,está em nossas mãos. Pensem nisso e lembrem-se que pode acontecer conosco e lembrem-se que depois que acontece não tem mais volta.

  2. Pedro Henrique disse:

    A culpa maior é da ignorância dos motoristas petrolinense, no trânsito só dirigem com pressa, com imprudência e muitas vezes depois de ingerir bebida alcoólica. Tem que endurecer a lei para quem mata pessoas no trânsito. Tem que passar a ser crime hediondo.

    1. jorgilson cabral disse:

      Amigo não adianta nada passar ser crime hediondo, a lesgiladores sempre deixam uma brecha para escaparem das mesmas.

  3. chico disse:

    Quem tem uma AVENIDA DA VERGONHA como: CARDOSO DE SÁ, completamente escura e asfalto/ acostamento deteriorado na altura dos batalhões até o trevo, a Avenida de aceso ao Distrito Industrial sem iluminação, e outros problemas como a FALTA DA CONSTRUÇÃO DE DIVERSOS ACESSOS A BAIRROS como: a Vila Eulália, onde o motorista passa de susto na sua frente para seguir para o bairro, Vila Débora quando se vem pela BR 428 no sentido centro e diversas situações que comprometem o fluxo de veículos e expõe diretamente o cidadão a acidentes. FALTA RESPONSABILIDADE E NÃO TEM MORAL PARA GASTAR MAIS DE 08 MILHÕES EM FESTA DE SÃO JOÃO, ano passado e este ano, mais de 16 MILHÕES em dois anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *