Leitor volta a criticar ‘privatização’ de vias públicas em Petrolina

10

Em contato com o Blog, o leitor Clebson Santos volta a criticar com veemência a ocupação de vias públicas em Petrolina de forma que considera “ilegal”.

Confiram:

Carlos Britto,

Mas uma vez gostaria de aproveitar o seu espaço para denunciar uma prática ilegal que aparentemente não incomoda os órgãos gestores responsáveis. Vias públicas de pontos comerciais em Petrolina estão sendo ocupadas com cones, para reservar vagas para particulares, como no caso do estacionamento na Rua Eng.Valmir Bezerra, n° 49, impedindo o estacionamento gratuito, bloqueando as vagas com propagandas e blocos, a fim de obrigar os condutores a fazer uso das vagas comerciais, obtendo para si vantagem financeira sobre os condutores, e sabe-se lá se pagam algum imposto ou se têm algum tipo de licença de funcionamento da prefeitura ou do Corpo de Bombeiros.

A verdade é que esse ponto comercial já foi denunciado antes por manter uma pessoa “espalhando” as motos próximas, pelo espaço hoje ocupado com pedras e placas, a fim de limitar a quantidade de vagas para carros, com o objetivo único de tirar vantagem financeira de forma fácil.

Agora foi feita a abertura de um novo portão, utilizado não para entrada ou saída, mas para objetivar a redução das vagas públicas, pois os veículos que geram renda ficam estacionados nesse novo portão, enquanto 3 deixam de usar vagas gratuitas.

Conforme Atendimento nº 3.400/2018 – Setor: OGM – Ouvidoria Geral do Município em 23/10/2018 09:43

O órgão já encaminhou a reclamação para a AMMPLA:

Karen Moxotó Maniçoba – Secretária de Gabinete – AMMPLA – 2 dias atrás – 23/10/2018, às 11h16: 

O problema é que já foi feita e refeita a mesma denúncia através do telefone (87) 9 8835 2284 da AMMPLA, cerca de 10 ligações, mas as únicas respostas obtidas foram as que enviariam uma viatura ao local, que certamente nunca foram enviadas ou nunca chegaram, e que seria melhor entrar em contato direto com a Ouvidoria, que eles encaminhariam para a Ordem Pública, que certamente tomaria providências de forma mais antecipada.

De qualquer forma, a Ouvidoria encaminhou para AMMPLA e o órgão vai continuar sem dar a mínima. Certamente quando alguém estacionar ao lado da placa ou dos blocos, ou parte na frente das entradas, algumas viaturas devem aparecer para multar ou rebocar o veículo.

Fica então a minha crítica aos órgãos responsáveis.

Obrigado.

Clebson Santos/Leitor

10 COMENTÁRIOS

  1. Tem vantagem nenhuma aí, é uma garagem com certeza alguém colocou por causa dos engraçadinhos que costumam estacionar de frente. Certo ele (a), fosse eu construiria uma parede de 1 metro.

      • Estou pouco me lixando para o que seja, aliás rua não deveria ser pública, minha vó já dizia, o que é de todos não é de ninguém, justamente pela rua ser pública é que essas coisas acontecem, pelas ruas serem públicas que qualquer um se acha dono e faz o que bem entender, vivem sujas, isso quando são pavimentadas. Eu tenho terrenos em alguns pontos da cidade, vê se alguém vai lá jogar lixo, para começar é murado, se alguém invadir não tem reintegração de posse na justiça, eu vou lá e resolvo na .44, por que tenho esse direito. Olhem as estradas cedidas à iniciativa privada, todas limpas, bem conservadas, bem sinalizadas, seguras, aconteceu acidente num instante o socorro chega. Agora olhe para para as estradas públicas, todas sujas, danificadas, mal sinalizadas, roubos acontecendo direto, animais na pista, aconteceu um acidente o socorro leva uma eternidade. Portanto privatiza mais que está pouco! E quem não aguentar que enfie a cabecinha no travesseiro e chore!

  2. Não me refiro ao caso em tela, mas em Petrolina está havendo um privatização geral de áreas públicas, leia-se vias e calçadas, com a construção de garagens, a ponto de ter morador da Areia Branca a transformar toda a sua frente em garagem, os 10m, nas barbas da Prefeitura de Petrolina que nada faz e nada ver. Já imaginou todos as 100.000 residências da cidade se apropriar de uma área pública? Onde o cidadão irá parar um carro ou colocar uma cadeira para sentar ou ficar estático? O município e a câmara municipal precisam intervir nesse caso.

  3. O caso é muito serio, e os órgãos sem competência não fazem nada, na areia branca utilização de calçadas, avenidas e ruas são utilizados todos os dias normalmente. O órgão que eles chamam de ordem pública, não trabalha a noite? O faz de conta.

  4. Dias,

    Esses problema de ocupação das vias pública de Petrolina é uma vergonha, dizem que tem um órgão público chamado ordem pública. Queria saber o que eles fazem, em Petrolina- às Av. Ruas, praças e calçadas são utilizadas por Bares e Comércio em Geral, chegam até a fecharem ruas e não acontece nada, não respeitam garagem, não respeita o silêncio. Areia Branca, Maria Auxiliadora, José e Maria, às cohabs em Geral e uma vergonha. Os espaços são privatizados para os comerciantes.

      • Essa resposta serve exatamente pra vc!! Hahha
        O assunto em questão é justamente pq o dono do estacionamento esta fazendo a ocupação da rua com placas e pedras, impedindo que as pessoas estacionem de graça, sendo forçadas a pagar por hora…
        .44?! Isso é uma piada mesmo!! HAHAHA

  5. Se o passeio está garantido, não existe porque ficar fazendo alarde disso. Tem pessoas que parecem se preocupar demais com algo que não tem nenhuma serventia, poderia muito bem gastar essa energia fiscalizando outras coisas, basta ser criativo que você verá muito mais coisas importantes para serem identificadas e cobradas.

    A calçada é pública mais ninguém reforma ela, pelo contrário, se alguém cair nela vai é encher o saco do dono do imóvel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome