Leitor sugere proibição de transporte de cargas pesadas na Ponte Presidente Dutra

por Carlos Britto // 29 de julho de 2022 às 17:20

Fonte: Registro do leitor

Irritado com o trânsito lento em horários de pico na Ponte Presidente Dutra – que liga Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) -, um leitor do Blog sugeriu que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) crie uma regulamentação que proíba o transporte de cargas pesadas nos horários de grande circulação.

A alternativa, segundo ele, seria que os veículos longos transitassem pelas BRs 116 e 235. “Esses veículos que transportam hélices de usinas eólicas, por exemplo, que travam o trânsito por horas, não deveriam passar pela ponte nesses horários de pico. Em outras cidades, tem vias que são até proibidas para este tipo de carga”, declarou.

O assunto não é novo. Há anos que a população das duas regiões sugere a criação de uma nova ponte: uma para veículos de grande porte e outra para veículos menores. No entanto, a ideia ainda não saiu do campo do debate. Confira o vídeo no link.

Leitor sugere proibição de transporte de cargas pesadas na Ponte Presidente Dutra

  1. Paulo disse:

    Concordo que atrapalha muito o trânsito mas isso é só a PRF passar essas cargas anoite mas querem passar meio dia aí e uma.falta de responsabilidade.

  2. A verdade disse:

    Um anel viário de verdade é o que Petrolina e Juazeiro precisam, com pelo menos mais uma ponte sobre o São Francisco.

  3. ferreira disse:

    Esse povo tem que andar de carroça, não sabem o que é trânsito pesado, basta uma bicicleta com o pneu furado e fica esse povo besta parando pra olhar o que aconteceu.
    Manda atravessar nadando!!!

  4. ALGUEM disse:

    Existe apenas uma ponte por mais de 60 anos. Já deveria existir outra há tempos.

  5. Ronaldo Moraes disse:

    Mas a questão não é o anel viario, a ponte é só uma, a não ser que o transporte de eólica tenha que ser por Sobradinho, por meio da passagem da barragem

  6. Jailton João da Silva disse:

    Petrolina e juazeiro já estão grandes, para ter apenas essa ponte passando pelo centro das duas cidades… Fato é, que já teria que pensar em uma ponte que ligasse alguma perimetral das duas cidades, para facilitar o fluxo caminhões, sem ter que passar pelo meio das cidades

  7. Jailton João da Silva disse:

    Talvez uma boa opção, fosse usar a ilha do massangano, como com apoio para uma segunda ponte… Deviria de base central e é bem afastado dos dois centros

  8. Vovô disse:

    Tudo mimimi, o que tem que acabar é o despejo de fuligem da Agrovale nas nossas casas e poucos se manifestam. Bora ver imprensa parcial.

  9. Lucas de nada disse:

    Só besteira

  10. Zé da ponte disse:

    TEM QUE FAZER OUTRA PONTE!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.