Leitor se diz decepcionado com instalações de escola no Bairro Pedra Linda na volta às aulas dos estudantes

2

Dizendo-se decepcionado com o cenário encontrado por pais e alunos na Escola Anete Rolim, o leitor Vítor Nobre Almeida Marinho faz um relato em tom de desabafo ao Blog. Confiram:

Bom dia, Carlos Britto!

Escrevo-lhe este desabafo na esperança de que a minha aflição (revolta) seja ecoada por este estimado canal de comunicação pois, certamente, os demais pais compartilham do mesmo sentimento.

Dia 11, o dia do retorno às aulas na Rede Municipal. Dia aguardado pelas crianças por marcar o reencontro com professores e colegas, ou, no caso dos meus filhos, o encontro com uma nova realidade, já que saímos da rede privada de ensino.

Mas o que deveria ser uma “festa” logo nos levou a uma aflição. Grande aflição, eu diria. A situação das instalações físicas da escola Anete Rolim, no Bairro Pedra Linda, é lastimável. Desesperadora. São banheiros sem condições de uso, vidros quebrados, forro caído, buracos no telhado, paredes sujas e corroídas, enfim…

Para assistirem às aulas, os alunos do 6º ano são deslocados até a Escola Paul Harris, em sete ônibus. Os demais ficam no prédio, nas salas menos danificadas. E os pais na aflição de terem de confiar suas joias mais preciosas a uma situação desta.

Segundo nos informou uma funcionária, a reforma estava prevista para acontecer desde o ano passado. Mas não foi iniciada. Não há cronograma de execução da obra. Os professores não sabem se irão continuar no prédio quando começarem a reforma, ou se serão deslocados para um outro.

Foi nesse clima de incerteza que vimos o semblante de tristeza nos olhos de nossos filhos e de outras crianças.

É inadmissível que a prefeitura tenha esperado todo o período de férias para, só depois de iniciarem as aulas, começar uma reforma que, sem previsão de início, já deveria estar concluída e os alunos confortavelmente acomodados.

Tenho uma admiração pela atual gestão municipal. Mas no quesito educação estou decepcionado.

Vítor Nobre Almeida Marinho/Leitor

O Blog entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura e aguarda um posicionamento.

2 COMENTÁRIOS

  1. Que triste, vi essa escola ser construída, estudei no primeiro ano de vida dessa escola, tinha uma estrutura incrível, e hoje depois Deus 10 anos não sei bem, a escola está destruída, provavelmente não fizeram reformas para manter a bela estrutura original. Lamentável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome