Leitor questiona vice-prefeito de Sobradinho sobre “contradição” ambiental

por Carlos Britto // 06 de junho de 2022 às 11:00

Foto: divulgação

O domingo (5) foi reservado para o Dia Mundial do Meio Ambiente. Mas em Sobradinho, norte da Bahia, uma declaração do atual vice-prefeito Jarques Canturil deixou uma questão no ar.

Em entrevista a uma rádio local, Canturil – que também é secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente – afirmou que a gestão irá plantar em locais que estejam faltando árvores, bem como vai buscar substituir plantas que não são nativas da região por espécies como Ipê, Caraibeira e Umbuzeiro. Até, aí, tudo bem.

O problema, segundo um leitor do Blog (que preferiu o anonimato), é que as ações da gestão passada contrariam a afirmação do vice-prefeito, que é aliado do ex-prefeito Luiz Vicente Berti.

Existe um contraste na ação da gestão. Como agora ficar preocupado com o meio ambiente e plantar ipê, caraibeiras e umbuzeiro, se na gestão do ex-prefeito Vicente Berti foram cortados 95 pés de ipê amarelo, já quase adultos, plantadas em frente à quadra poliesportiva Francisco Neri na Vila São Francisco? e 15 dias atrás foi cortado um pé de umbu que tinha mais de 30 anos, atrás do fórum. Se é a mesma gestão, tendo por slogan ‘O Trabalho vai continuar’, irão continuar também os crimes ambientais da gestão passada? O pé de umbu cortado que o diga. Inema, Sobradinho pode não parecer, mas existe!”, desabafa o leitor. Haja bronca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.