Leitor lamenta falta de saneamento no Bairro São Joaquim e critica ‘jogo de empurra’; prefeitura e Compesa respondem e divergem

0
Esgoto na Rua do Mercúrio, esquina com a travessa Manganês. (Foto: Reprodução WhatsApp)

Por meio do WhatsApp do Blog, o leitor Luiz Henrique de Campos, morador do bairro São Joaquim, zona norte de Petrolina, reclama da falta de saneamento básico na comunidade e critica o ‘jogo de empurra-empurra’ entre a Companhia Pernambucana de Saneamento e a Prefeitura.

Ele lembrou que há mais de 10 anos a Compesa iniciou as obras da rede de esgoto nos bairros Dom Avelar, São Jorge, São Joaquim e Santa Luzia, mas infelizmente só foram instaladas as bocas de lobo e os canos. “Para completar, os moradores do bairro ligaram suas encanações nas redes que a Compesa instalou, mas como nenhum desses bairros tem bacia de tratamento de esgoto, as bocas de lobo vivem cheias e sempre estão estouradas”, relata Luiz Henrique.

Toda toda vez que a gente liga para a Compesa, eles dizem que é serviço da Prefeitura; aí a gente liga para a prefeitura e eles dizem que vão mandar a Compesa resolver a situação”, lamenta.

Respostas

Por meio de nota, a Compesa disse que “não opera nos Bairros São Joaquim, Santa Luzia, Dom Avelar, Terras do Sul. No ano de 2017, a Prefeitura Municipal de Petrolina pediu à Compesa, a título de parceria, para realizar algumas intervenções em algumas ruas dos Bairros Dom Avelar, Santa Luzia, São Joaquim, Terras do Sul e São Jorge (fazem parte da mesma bacia), na tentativa de fluir melhor o esgoto. Paralelo a isso, a prefeitura solicitou que a Compesa prestasse assistência à comunidade quando fosse necessário e, dentro das possibilidades, a Compesa vem realizando, com um carro as desobstruções nesses locais. A parceria vem sendo mantida e a Compesa sempre vem atendendo às solicitações dos lideres comunitários desses locais”, salienta a nota.

Já a Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA) disse o seguinte, também por meio de nota: “a detentora da concessão dos serviços de abastecimento d’água e tratamento de esgoto de Petrolina é a Compesa. Como a prefeitura não possui empresa que cuide de demandas relacionadas à questão de saneamento, o cidadão deve buscar a resolução dos problemas dessa natureza junto à Companhia. A Prefeitura de Petrolina espera que os problemas de saneamento da bacia do Dom Avelar comecem a ser resolvidos quando a Compesa concluir as obras com o investimento de R$ 38 milhões que estão na conta da empresa e devem ser destinados ao município”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome