Leishmaniose: Agentes de endemias de Sobradinho recebem capacitação para o combate à doença

por Carlos Britto // 26 de março de 2019 às 16:04

(Foto: Divulgação)

Agentes de endemias de Sobradinho, no norte da Bahia, estão sendo capacitados para o combate à Leishmaniose. Oferecida pela Secretaria Municipal de Saúde através do Núcleo de Endemias, a capacitação teve início ontem (25) e termina hoje (26), sendo ministrada pelo técnico Jaime Macedo, coordenador do Programa de Combate a Leishmaniose, do Núcleo Regional de Saúde de Juazeiro (NRS – Norte).

A Leishmaniose, mais conhecida como Calazar, é causada pelo protozoário parasita Leishmania, transmitido para seres humanos e animais através da picada de mosquitos-palha infectados. O desenvolvimento dos insetos transmissores se dá em locais úmidos, sombreados e ricos em matéria orgânica, como folhas, frutos, fezes de animais e outros entulhos que favoreçam a umidade do solo.

O coordenador do Núcleo de Endemias de Sobradinho, Sostenes Pereira, ressaltou os cuidados que devem ser tomados para prevenir este mal. “A população deve ter muito cuidado com a limpeza de seus quintais. Atenção ao acúmulo de lixo e à saúde dos seus cães. Há alguns anos tivemos casos de Leishmaniose humana aqui em Sobradinho, mas justamente pelo trabalho dos agentes de endemias já são três anos sem nenhum registro da doença. Ainda assim, não podemos deixar de nos prevenir e devemos redobrar os cuidados“, disse o coordenador.

Sóstenes Pereira também reforçou a necessidade de manter em dia a vacinação dos animais. “A Leishmaniose é uma doença que tem tratamento e cura. Todos os pacientes diagnosticados precisam de tratamento rápido e completo, por isso que a atenção é sempre necessária. Com as ações de prevenção realizadas pela equipe de saúde do município e as campanhas de vacinação dos animais contra a Leishmaniose, estamos com a situação controlada. Esta capacitação para os agentes de endemias é uma prova de que a Secretaria de Saúde de Sobradinho vem fazendo a sua parte na prevenção e cuidado com a população“, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *