Lançado em Petrolina programa para melhoria da gestão pública e equilíbrio das contas do município

4

Petrolina agora conta com um programa que pretende melhorar a gestão pública e equilibrar as contas do município. O lançamento do ‘Todos Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável’ aconteceu ontem (26), na sede do Igeprev, com as presenças do Prefeito Miguel Coelho, da diretora-presidente do instituto Comunitas, Regina Esteves, do presidente da Celpe, Antônio Sanches, além de secretários, autoridades e comunidade.

Com a participação de líderes empresariais e a sociedade civil, a parceria entre o Juntos e a cidade pernambucana promoverá o debate de ações para a melhoria da gestão pública com o objetivo de equilibrar as contas do município e, também, aprimorar e ampliar a oferta de serviços à população por meio de gastos mais inteligentes. “Estamos convocando a sociedade para perto da gestão a fim de ajudar a administrar melhor e fiscalizar de perto nossa cidade, de forma moderna e participativa“, ressaltou o prefeito durante o lançamento.

Para alcançar tais objetivos e colaborar de maneira eficaz com a melhoria da gestão municipal, o Juntos levará à Petrolina, num primeiro momento, a frente de equilíbrio fiscal, o que possibilitará que todas as contas da cidade sejam revistas e ajustadas afim incrementar a renda da prefeitura com as arrecadações. “O desafio do Programa em Petrolina é garantir a sustentabilidade econômica e contribuir com modelos de investimento social corporativo que atue mais próximo do poder público. A intenção é ampliar a escala de impacto desses investimentos e promover resultados realmente transformadores na realidade da cidade e de seus moradores“, afirmou Regina Esteves, diretora-presidente da Comunitas.

Entre as frentes de atuação da Comunitas, o Equilíbrio Fiscal é a que tem maior presença dentre as cidades participantes. Para a diretora-presidente da Comunitas, este é o primeiro teste de transparência e uma necessidade urgente da administração pública. “O trabalho auxilia no ajuste das contas das cidades por meio do gerenciamento matricial de despesas e receitas, com objetivo de aumentar a arrecadação municipal sem aumentar ou criar novos impostos“, explica Regina. Se considerar os recursos mobilizados pelo Programa Juntos, é possível afirmar que a cada R$1,00 investido na frente de trabalho, gerou um Retorno Sobre o Investimento de R$ 40,87 para as cidades. Para os próximos meses, estão previstas novas frentes de trabalho, como o licenciamento urbano e escritório de projetos, via replicabilidade.

Liderado pela Comunitas, o Juntos é mais que uma coalizão de líderes empresariais organizados em prol da melhoria da gestão pública no Brasil. Participar do projeto, além de beneficiar a melhoria da gestão pública com ações municipais desenvolvidas com olhar mais estratégico, também traz ganhos para os negócios, gera inovação, desenvolvimento e retém pessoas.

Seleção

Participar do programa Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável requer passar por criteriosa seleção: o prefeito deve ter ficha limpa, a cidade precisa ter características territoriais, geográficas e populacionais heterogêneas e diversificadas e a prefeitura deve ter capacidade de disseminação dos resultados, para a replicabilidade das ações. Além disso, é preciso que o gestor aceite expor as contas públicas à equipe da Comunitas, para uma gestão mais transparente, centrada, inicialmente, na busca pelo equilíbrio fiscal. Em 2016, cerca de 100 cidades buscaram a Comunitas para formar parceria com o Programa Juntos em busca de uma melhoria efetiva na gestão pública por meio de atuações focadas, principalmente, no cidadão. Em Petrolina, a Celpe foi a primeira instituição a se engajar no iniciativa patrocinando metade dos custos de todo o programa.

O Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável é um programa de aprimoramento da gestão pública presente em 15 municípios brasileiros: São Paulo, Campinas, Santos, Itirapina (SP), Curitiba (PR), Salvador (BA), Juiz de Fora (MG), Teresina (PI), Paraty (RJ), Porto Alegre e Pelotas (RS), atingindo mais de 24 milhões de cidadãos em frentes de trabalho que abordam diversos temas e seus diferentes desafios, tais como as finanças públicas, gestão, saúde, educação, engajamento, fortalecimento de lideranças e políticas para juventude. Outras informações sobre o Comunitas podem ser obtidas acessando o site http://comunitas.org/. (foto/divulgação)

4 COMENTÁRIOS

  1. Pra ser um bom gestor público não tarefa difícil: não inventar e priorizar os gastos, principalmente os impostos, que não são vinculados e não transformar a prefeitura em cabide de emprego para agradar os denominados aliados. Uma outra receita é não ser corrupto, zelar pela coisa coisa pública, bem como também não se utilizar de contratos mascarados e superfaturados. fiscalizar os órgãos e repartições públicas, a fim de coibir o desperdício. Em síntese, ter compromisso.

  2. Sabemos que o Prefeito Miguel não pode mudar tudo em Petrolina em poucos meses, mais uma das coisas que ele poderia fazer antes que aconteça algo pior, por que já morre gente lá de vez em quando. O Terminal Rodoviário de Petrolina parece mais com a Cracolândia com tantas pessoas se drogando 24 horas por dia. Aquele Terminal Rodoviário deveria ter uma gestão mais organizada e tentar levar aquelas pessoas para locais onde possam ser tratados do vício e não ficarem rodeando ás pessoas que estacionam e até mesmo as pessoas que sentam nos estabelecimentos das proximidades pedindo dinheiro para bancar o vício. Em um dia que fui utilizar o sanitário do Terminal Rodoviário tinha uma mulher e mais uns quatro homens dentro do sanitário masculino trancados utilizando droga , achei aquilo o cúmulo do absurdo, nunca vi isto em nenhum lugar no mundo, é como se não tivesse ninguém gerenciando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome