Justiça nega pedido da Câmara de Petrolina e mantém cota atual de combustíveis

por Carlos Britto // 04 de agosto de 2021 às 19:54

Câmara Municipal de Petrolina. (Foto: CMP/Divulgação)

A Vara da Fazenda Pública de Petrolina decidiu negar o pedido liminar pelo qual o Poder Legislativo solicitava à justiça que permitisse o aumento de R$ 2 mil para R$ 3 mil de cota de combustível para cada um dos atuais 23 vereadores da Casa Plínio Amorim. A ação que barrou o reajuste de 50% do subsídio foi impetrada pelo advogado Julio Lossio Filho.

A decisão que manteve a cota de R$ 2 mil foi proferida pelo juiz João Alexandrino de Macêdo Neto na última segunda-feira (2).

Justiça nega pedido da Câmara de Petrolina e mantém cota atual de combustíveis

  1. Ade disse:

    Porquê o Sr. Presidente e demais Edis que clamam por esse aumento não vão mamar na PQP?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *