Juazeiro tem 21 candidatos na disputa por vaga no Conselho Tutelar

por Carlos Britto // 29 de setembro de 2023 às 16:34

Assim como em outras cidades do país, as eleições para o Conselho Tutelar deve mobilizar Juazeiro neste domingo (1º de outubro). O pleito acontecerá no Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, das 8h às 17h. Segundo o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), os novos membros irão atuar no quadriênio 2024/2027. Vinte e um candidatos participam do processo e cinco serão escolhidos pelos eleitores de Juazeiro.

Estão aptos a votar aqueles que estejam em dia com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), sendo necessário apresentar o título de eleitor e um documento com foto.

A eleição do Conselho Tutelar é um momento para a sociedade exercer seu papel de cidadania e garantir a proteção e promoção dos direitos da criança e do adolescente. O órgão é fundamental para assegurar que os jovens tenham uma infância saudável, livre de violência e abuso, além de receberem o suporte necessário para seu desenvolvimento

O Conselho Tutelar

É órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado de zelar pelos direitos da criança e do adolescente, definidos na Lei Federal Nº 8.069/90 e Lei Municipal Nº 2.558/15 e legislação correlata.

Conheça, agora, os nomes e números dos candidatos em Juazeiro, por ordem alfabética:

– Ana Célia- 112

– Brena Miranda – 555

– Charles Vargas – 120

– Conceição Castro- 133

– Cristiane Matias – 255

– Cristiano Herick – 949

– Dayanne da Pastoral da Criança – 114

– Fábio Duarte – 222

– Junior Barbosa  – 130

– Leandro Rafael – 234

-Marquinhos Fernandes – 888

– Maisa Moura – 150

– Nádia – 111

– Professor Elias – 110

– Professora Regina – 333

– Rosa Rabelo – 666

– Sara Oliveira – 777

– Sidinei Honorato – 444

– Tiago Rafael – 456

– Valdene Almeida – 113

– Zezinho da Messe – 123

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. A situação não é fácil, porém não acho que devemos condenar o rapaz com tanta violência. Quem nunca errou que…