Juazeiro: Secretaria de Saúde apresenta mapeamento por bairro de casos do novo coronavírus

2
Foto: Sesau/divulgação

A Secretaria da Saúde (Sesau) de Juazeiro (BA) apresentou um mapeamento dos casos confirmados para o novo coronavírus (Covid-19) na cidade. O objetivo da divulgação é manter a população informada sobre os locais com maior incidência da propagação do vírus. Apesar de, no último dia 11 de abril, ter sido declarada transmissão comunitária, alguns bairros apresentam maior concentração de casos confirmados da doença.

A divulgação consta com o mapeamento de 35 casos registrados na cidade, atualização divulgada na segunda-feira (11) e mapeada pela Vigilância em Saúde.  Os bairros com casos confirmados são os seguintes: Santo Antônio (6 casos); Barranqueiro I (1); Nossa Senhora das Grotas (1); Maringá (2); João Paulo II (2); Alto da Maravilha (2); Parque Residencial (1); Centenário (1); Jardim Florida (1); Piranga (3); Centro (3); Novo Encontro (1); Country Clube (1); Dom Thomaz (1); Mandacaru II (1); João XXIII (1); Jardim Vitória (2); Monte Castelo (1); São Geraldo (1); Mandacaru I (1); Jardim Primavera (1); e Olaria (1).

Em um trabalho de transparência e informação à população, iniciado ainda em fevereiro em Juazeiro, relacionado aos casos suspeitos de Covid-19 e confirmados de H1N1, a Secretaria da Saúde, através da Vigilância em Saúde, vem mapeando os casos notificados e confirmados na cidade, bem como realizando a testagem de todos os pacientes que se enquadram nos critérios clínicos da doença“, explicou a superintendente de Vigilância em Saúde, Tatiane Malta.

Conscientização

A superintendente reforça que o objetivo é conscientizar as pessoas sobre a necessidade de permanecer em isolamento, respeitar as medidas protetivas adotadas pela gestão municipal e, assim, acentuar e buscar a ordem decrescente dos casos na cidade.

A situação não é de pânico e nem de euforia. O prefeito Paulo Bomfim adotou medidas muito antes de existir casos suspeitos na cidade. Essa ação é visível, a comparar com outras cidades da Bahia, que estão com números alarmantes da doença. Estamos trabalhando desde fevereiro para esta proteção aos juazeirenses e solicitamos que se mantenham em casa. Se precisarem sair, usem máscara e continuem com os hábitos de higiene com a lavagem adequada das mãos, com água e sabão. A prevenção acontece em parceria entre poder público e população“, concluiu Tatiane.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome