Juazeiro: Em menos de 24 horas, polícia localiza assassino de sargento da reserva da Polícia Militar

3
Arma apreendia pela polícia. (Foto: Divulgação)

A Polícia já deu uma resposta à sociedade sobre o latrocínio que vitimou o sargento aposentado da Polícia Militar, Givaldo Araújo de Almeida, crime ocorrido por volta das 5h de terça-feira (26), ao lado do Mercado do Produtor, quando ele teria reagido a uma tentativa de assalto a um empresário que prestava segurança particular.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Eriscleiton Siqueira Ferreira, de 19 anos, é o assassino do sargento. Ele foi capturado em flagrante, ainda no dia de ontem. A operação integrada entre unidades da 17ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin)/Polícia Civil e Companhia Independente de Policiamento Especializado na Caatinga (Cipe-Caatinga), apoiadas pelas polícias Militar e Civil de Pernambuco, encontrou o criminoso escondido em um imóvel, em Petrolina. O local exato não foi informado.

A polícia chegou até Eriscleiton após ter acesso às imagens de segurança do furto de uma motocicleta Yamaha YBR Factor, placa KGG 3459, levada por Breno Mendes, Israel Alves de Lima e um adolescente. A motocicleta foi apreendida pela polícia.

Envolvidos

De acordo com os envolvidos, o veículo furtado foi entregue a Eriscleiton, que começou a cometer diversos roubos na região e, na madrugada de quarta, também matou o sargento durante o roubo de uma grande quantia que estava sendo transportada pelo comerciante que a vítima fazia segurança particular.

Eriscleiton se escondia na casa dos comparsas Filipe Santos Figueira e Marcos Antônio Souza da Silva Lopes, local em que a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e munições. Os três foram presos em flagrante e levados para a Delegacia de Juazeiro.

3 COMENTÁRIOS

  1. Sim, quero que vc apure os fatos concretos sobre o ocorrido, pois uns dos “comparsas” que você solicitou o nome não é verídico,espero que vc tire o nome e reescreva as matéria,noticianeto falsa…..

  2. Sim, quero que vc apure os fatos concretos sobre o ocorrido, pois uns dos “comparsas” que você solicitou o nome não é verídico,espero que vc tire o nome e reescreva as matéria,noticiaumento falso…..

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome