João Lyra Neto deve deixar PDT e ingressar no PSB para ajudar provável candidatura de Eduardo

0

joao-lyraO vice-governador de Pernambuco, João Lyra Neto, anunciou nesta segunda-feira (27) que irá trocar o PDT pelo PSB para ajudar na provável campanha de Eduardo Campos, presidente da sigla, na corrida à Presidência em 2014.

Eu tenho uma posição muito clara. Minha posição é de ter um instrumento para ajudar na campanha do governador Eduardo Campos se ele for candidato à Presidência da República“, disse Lyra Neto.

A declaração foi feita à Folha na manhã de hoje no saguão do Mar Hotel, no Recife, antes de um encontro estadual de vereadores do PSB.

A migração de Lyra Neto é estratégica para que o partido de Campos não perca o comando do Estado quando ele, por determinação da legislação eleitoral, tiver de deixar o cargo em março do ano que vem para a provável disputa pelo Palácio do Planalto.

A Folha apurou que a iniciativa de ir para o PSB partiu de Lyra Neto e foi bem recebida pelo governador, que não teria que ceder o governo para outra sigla, mesmo que aliada.

Apoio a Dilma

Cotado para concorrer à sucessão do atual governador no ano que vem, o vice pernambucano era considerado uma possível ponte entre o PSB e o PDT, cortejado por Eduardo para uma possível aliança nacional na disputa pelo Planalto.

Minha decisão está tomada. Apenas estou aguardando um momento que não cause nenhum transtorno nos entendimentos da possibilidade de o PDT vir a apoiar a candidatura do governador Eduardo Campos“. Lyra Neto disse, porém, entender que a maior probabilidade é de que o PDT apoie a reeleição da presidente Dilma Rousseff. (Fonte: Folha PE)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome