Irmã Dourado, tudo era demais…

por Carlos Britto // 05 de fevereiro de 2009 às 09:07

Nesta madrugada morreu Irmã Dourado. Era a chata que sempre ia pedir uma ajuda por que sempre tinha muitas contas para pagar. Era a maluca que sempre recolhia mais crianças, aquelas que ninguém queria e que a gente fingia, e ainda finge, que não vê na rua. Era a indesejável que os empresários e políticos se escondiam, pois pedia demais e estava sempre preocupada em resolver o problema dos outros. Também é verdade que recebeu muita ajuda, mesmo dos que se esquivava, pois não desistia mesmo sabendo que estava sendo inconveniente, mas suas crianças não podiam esperar  pois tinham fome e passavam frio. Era destemida e batia em quantas portas achasse aberta ou fechada. Escolheu servir e entre as mães de Petrolina é a que deixa mais filhos órfãos. Tive a honra de conhecer Irmã Dourado e lhe servi umas três ou quatros vezes apresentando eventos. Foi o tão pouco que pude fazer por ela. Talvez pudesse ter feito mais, servido mais, colaborado mais e me empenhado mais como todos os outros que fingiam não vê-la, pois pedia demais por que precisava atender mais, cuidar mais e acolher mais as crianças que contavam apenas com ela. E só com ela que tinha amor demais.

Hoje no seu Petrape, o pranto deve estar doído demais. Sentido demais.

Irmã Dourado, tudo era demais…

  1. Filho da Terra disse:

    É Petrolina amanheceu mais uma vez de luto de mais uma personagem que cravou seu nome na nossa história, ultimamente petrolina vem perdendo suas referencias ja se foi o carnavalesco Jose Coelho, a Artesã do barro dona Ana das Carrancas e hoje a Mãe dos pequenos de rua nossa Irmã DOURADO, fico preocupado pois não vejo nenhuma renovação humana capaz de suprir as lacunas deixadas por essas pessoas tão importante no nosso meio social, politico e cultural. irmã DOURADO muito obrigado !

  2. Atento disse:

    Sem dúvida nenhuma, uma grande perca para Petrolina e região. Irmã Dourado era sinônimo de solidariedade, de dedicação aos menos favorecidos, especialmente as crianças e adolescentes. Que Deus permita que sua obra continue e não se disperse. Agora, mais do que nunca, o trabalho tem que continuar, em homenagem a Irmã Dourado. Que ela descnase em paz.

  3. Anatélia disse:

    Hoje, Petrolina acordou mais pobre e os filhos desta terra tristes. Mas, o Reino dos Céus está mais rico e alegre com a chegada da Ir. Dourado. Ficamos orfãos de um anjo! No coração daqueles por onde ela passou, ficou a semente do amor, da solidariedade, da paz, da caridade, do respeito ao próximo e da humildade, que irá crescer e bons frutos nascer. Guardaremos as boas lembranças e principlamente seus ensinamentos. Que Jesus Cristo e N. Srª. Rainha dos Anjos a recebam de braços abertos. Vereadora Anatelia Porto

  4. Kelly disse:

    Os Céus estão cheios de glória, pois quem faz o bem e trata com carinho os pequeninos do senhor tem como recompensa a vida eterna.
    “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu filho unigênito para que todo aquele que n’Ele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”
    (João 3:16)

  5. Eridan disse:

    Professora Eridan disse:

    Petrolina amanheceu realmente de luto. Eu tive a oportunidade de conviver com Irmã Dourado, como supervisora do PETRAPE – uma experiência marcante na minha vida profissional.Ela deixa um grande legado de esperança, amor e solidariedade para com os meninos abandonados pela sociedade.Que suas ações sirvam de exemplo para todos nós.

  6. guigo disse:

    Realmente ela tinha um grande carinho e interesse por estes menores, pois alem de acolher, tinha a preocupação de ensinar a serem bons cidadãos. pois daqueles menores ~já sairam alguns exemplo de vida.
    Que deus dê um otimo lugar a irmã

  7. aero disse:

    É realmente uma grande perca para nossa petrolina pois a irmã dourado era a nossa irmã dulce, que o seu trabalho não seja emterompido pois muitas crianças depemden deste trabaho,na vida as vezes nós so damos o verdadeiro valor quando perdemos.Irmã Dourada que Deus lhe tinha sempre ao lado dele…

  8. Os meninos de ruas, o Serviço Social Infantil e nossa querida Petrolina está de LUTO. Morre o Ícone do Serviço Social Infantil da Região Sanfranciscana. Irmã Dourado, era uma religiosa guiada pelol Divino Espírito Santo. O seu espírito solidário, contribuiu pra salvar muitas vidas de crianças órfãs e torná-las uteis na Sociedade, a exemplo de JUAREZ do Petrape e muitos outros. Isso sim, é inclusão social. Que Deus, o Soberano Arquiteto do Universo, a receba nos Jardins da Oliveiras e que nós aqui, procuremos continuar sua magnífica obra.
    José Batista da Gama, Ex-Vereador de Petrolina.

  9. Vitorio Rodrigues disse:

    Os JUAREZES, os Vieiras, os pequenos anonimos, todos amanheceram orfãos. O PETRAPE tremeu suas bases e suas colunas. Irmã Dourado com esta espiritualidade só nasceu uma e assim mesmo Deus a arrebatou na madrugada de hoje, mas com certeza suas discipulas e discipulos saberão continuar construindo essa obra interminavel, porém com resultados concretos e contínuos. Petrolina jamais esquecerá essa obreira de Deus que desviou tantos caminhos que seriam do mau para o bem, sendo o maior exemplo o proprio JUAREZ DO PETRAPE.

    Minhas condolências a toda a familia petrapiana.

    Vitorio Rodrigues
    Comunicador Social

  10. Samuca Morais disse:

    Suas lentes grossas impunham um certo medo, hehe. Lembro-me no colégio Auxiliadora, que era mesmo uma educadora e defensora dos “indefesos mirins”. Se existe céu, com certeza as crianças de lá estarão felizes com sua chegada. Bela homenagem.

  11. Vital Maurilo disse:

    Que DEUS ha tenha sempre em um lugar DOURADO.

    Valeu…

  12. antonio carlos disse:

    Toda Petrolina estar triste porque irmãm dourado partiu e Quero dizer que o céu estar em festa, pois irmã dourado estar chegando.espero que o petrape tenha alguem com o coração e o espirito como o dela, para que o trabalho que ela se dedicou toda a sua vida que era cuidar dos menos favorecidos possa continuar. quero dizer a todas as que conviviam com ela que deus der força a todos vocês, pois não vai ser facíl se acostumar a viver sem ter ela por perto, pois tenho certeza que a presença dela alegrava e dava força a todos que conviviam ao lado dela.

  13. MARIA ARAUJO disse:

    REALMENTE EU TIVE AGRAÇA DE CONHECER A ir.DORADO ELA ERA SEM IGUAL SUA VIDA ERA SÓ PARA OS MENINOS OS QUE DELA SE APROXIMARAM APRENDERAM COM CERTESA UMA GRANDE LIÇAO DE AMOR SEM RESRVAS. MARIA ARAÚJO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *