Investimentos do BNB em micro e pequenas empresas de Pernambuco somaram R$ 258 mi em 2013

0

n_bnb_desertificacao_11931_640x232O Banco do Nordeste fechou 2013 com um saldo de R$ 2,2 bilhões em contratações com micro e pequenas empresas (MPEs). Ao todo, foram 31.334 operações de crédito que beneficiaram MPEs de toda a área de atuação do banco (Nordeste e norte de Minas Gerais e Espírito Santo). Os recursos, em sua maior parte oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), foram aplicados nos mais diversos setores da economia, como comércio (R$ 1.093,2 milhões), serviços (R$ 584,7 milhões) e indústria (R$ 439,5 milhões). Do total de recursos aplicados, Pernambuco abocanhou R$ 258 milhões, que beneficiaram quase 4 mil empreendedores.

“Os números revelam o esforço do Banco do Nordeste em priorizar o atendimento às micro e pequenas empresas. Em 2014, os desafios serão ainda maiores, o que atesta a nossa disposição em apoiar esse importante segmento de mercado”, afirmou o diretor de Negócios em exercício, Nelson Antonio de Souza. Ele também atribuiu os resultados a uma série de ações implementadas pelo Banco, tais como a implantação de um novo processo de crédito direcionado às MPEs e a maior oferta de produtos e serviços, o que permite melhor atendimento a esse público, alcançando um número cada vez maior de empresas.

Outra iniciativa que impulsionou o atendimento a esse segmento foi a instalação de novas agências especializadas em MPEs. Em 2012, foram inauguradas três unidades em Pernambuco, localizadas em Olinda, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes. E em 2013, a previsão é inaugurar mais 13 agências focadas exclusivamente nesse público. São Lourenço da Mata foi a primeira nova agência a abrir as portas neste ano.

Apoio

Responsáveis por mais da metade dos empregos formais em todo o país, as micro e pequenas empresas representam um segmento que vem ganhando cada vez mais importância para a economia brasileira, especialmente a nordestina. No Banco do Nordeste, as MPEs contam com crédito para capital de giro e para investimento em implantação, expansão, modernização e relocalização do empreendimento. Os recursos do FNE garantem taxas de juros mais reduzidas. As informações são da assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome