Investimentos da EBSERH viabilizam mais 10 leitos de UTI-Covid para HU de Petrolina

0
Foto: Ascom HU/divulgação

Por meio de investimentos da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), o Hospital Universitário (HU) de Petrolina ampliará o número de leitos de UTI-Covid e dobrará sua capacidade de atendimento de 10 para 20 leitos de internação em tratamento intensivo destinados ao acolhimento de pacientes infectados pelo novo coronavírus. A partir da próxima segunda-feira (15), a Policlínica do HU passará a dispor de mais 10 leitos de UTI-Covid, um incremento que representa 100% de expansão da capacidade de atendimento da unidade de saúde.

A ampliação é uma resposta contundente da instituição à demanda da população diante do acentuado crescimento da procura por leitos de internação em cuidados intensivos decorrente de complicações da doença.

A viabilização dos 10 leitos, atualmente já em operação na Policlínica, assim como a abertura das 10 novas unidades, é resultado de investimentos massivos da EBSERH, responsável pela gestão do HU. Assim, toda a estrutura, profissionais e materiais necessários para a ampliação serão mantidos pela EBSERH. Desde o início da pandemia, já foram investidos mais de R$ 6 milhões aplicados em diversas áreas, como aquisição de equipamentos, garantia de insumos e contratação de equipes.

Para se ter uma ideia, somente em atendimento direto a pacientes infectados pelo novo coronavírus, são quase 200 profissionais – entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais, psicólogos, terapeutas ocupacionais e outras especialidades, além dos profissionais de apoio às operações de higienização, transporte de pacientes, entre outros. Até o momento, 527 pessoas com Covid já foram atendidas no HU-Univasf (277 na UTI-Covid da Policlínica do HU).

Reforço

A disponibilização de 10 novos leitos representará um aumento significativo na capacidade de atendimento e um importante reforço na saúde pública do Vale do São Francisco no enfrentamento à pandemia. Conforme ressaltou Kátia Regina de Oliveira, gerente de Atenção à Saúde do HU-Univasf/EBSERH, “mais do que uma estrutura qualificada, os pacientes poderão contar com uma equipe capacitada, com a expertise e o comprometimento necessários para cuidar das pessoas nesse momento delicado”.

Criada em 2011, a EBSERH administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede EBSERH atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

4 × 3 =