Indignado, leitor solta o verbo contra “esbórnia” no Carnaval de Juazeiro

4

Indignado com algumas situações presenciadas durante o Carnaval centenário de Juazeiro, o leitor Geraldo Abreu não mediu palavras para descrever ao Blog seu descontentamento.

Confiram:

mictório improvisado carnaval juazeiroO carnaval dos 100 anos que ninguém quer ouvir, ver e sentir: fedentina e abandono

Meu caro jornalista, estou pasmado com tanta esbórnia que estou verificando nesses dias iniciais do Carnaval dos 100 anos.

Aqui na rua onde resido, Prof. Luiz Cursino, e artérias centrais, que virou um verdadeiro Mijatório Público, consumo de drogas, lixo por toda a rua, calçadas fétidas e entregues à própria esbórnia. Moradores, logo de manhã, gastando do seu bolso com criolina, água sanitária, sabão em pó, etc…pois o poder público sequer manda limpar suas ruas laterais, já que não é só avenida que necessita de limpeza.

Sem se falar dos famigerados e ensurdecedores paredões, verdadeiros usurpadores da audição humana, com músicas de péssima qualidade e, na sua maioria, degenerativas e agressoras da classe feminina. Será que a vigilância sanitária, a postura pública, estão cegas e surdas e dormindo ao som das péssimas músicas(se é que conseguem) e da fedentina espalhada por toda área central?

E a polícia me parece inerte, que não realiza blitz preventiva em pontos como terminal hidroviário (ponto das barquinhas, terminal coletivo, ruas centrais e suas transversais). E conselho tutelar e Secretaria de Ação Social, que não verifica a presença de menores fazendo uso de drogas e entorpecentes, além de moradores de rua emporcalhando todo Centro da cidade.

Outra situação diz respeito aos banheiros químicos que foram instalados bem na frente da nossa catedral de Nossa Senhora das Grotas (a praça da esbórnia, escuridão e um breu só), faltando com respeito à comunidade católica da nossa cidade.

Será que não se tinha um outro lugar??? Será que os integrantes desse desgoverno não veem nada disso – assaltos em plena luz do dia e, principalmente, à noite, com lanceiros e batedores de carteiras agindo a seu bel prazer?? Acorda Juazeiro !!! Nós, moradores dessa artéria central, estamos indignados com essa situação…cartão preto!!!

Geraldo Abreu/Leitor

4 COMENTÁRIOS

  1. A PURA VERDADE O QUE ESSE CIDADÃO POSTOU,FIQUEI BESTIFICADO COM A QUANTIDADES DE BANHEIROS QUIMICOS QUE COLOCARAM EM FRENTE Á CATEDRAL DE JUAZEIRO E MUITOS JUMENTOS AMARRADOS NA GRADE DA REFERIDA IGREJA,SEM CONTAR COM OS ENGRAÇADINHOS QUE FICAM URINANDO QUANDO VOCE PASSA COM SUA FAMILIA(NO MEU CASO MULHER E FILHA DE 10 ANOS)QUANTO AOS PAREDÕES EU NÃO VOU NEM FALAR QUE DÁ VERGONHA!!!!!JUAZEIRO PRECISA MUDAR.FUI UM UNICO DIA PRESTIGIAR O CARNAVAL DA MINHA VIZINHA CIDADE,MAS NÃO VOU MAIS DE JEITO NENHUM.

  2. JÁ PRONUNCIEI-ME EM VÁRIOS BLOGS E QUE OS DIRETORES NÃO TÊM CORAGEM DE PUBLICAR OU COISA QUE ASSIM O VALHA. JUAZEIRO É UMA CIDADE QUE PASSA A PIOR DA SUA FASE MOTIVADO PELA PASSAGEM DOS GESTORES QUE NADA FIZERAM PELA NOSSA CIDADE E TEM AINDA OS CARAS DE PAU QUE QUEREM VOLTAR PARA CONTINUAREM MAMANDO NA TETA. A POPULAÇÃO QUE GOSTA DE JUAZEIRO DEVERIA RECUSAR A REALIZAÇÃO DE CARNAVAL, SÃO JOÃO ETC, EM RAZÃO DA PRESENÇA DOS GRANDES SUPERFATURAMENTOS PRATICADOS PELOS BLOCOS, EMPRESÁRIOS, DONOS DE TRIOS EM CONIVÊNCIA COM OS PREFEITOS. ESSA FÓRMULA DE ENRIQUECER E ENCHER OS BOLSOS DOS PREFEITOS PRECISA DA POPULAÇÃO UMA REAÇÃO IMEDIATA, CASO CONTRÁRIO, SÓ VEREMOS EM JUAZEIRO ESTE QUADRO DE MIJÕES NAS SUAS PORTAS E O DESVIO DE DINHEIRO DO MUNICÍPIO DE JUAZEIRO. ACORDAM JUAZEIRENSES, DEIXEM DE SEREM TROUXAS E ABESTALHADOS. TODO O PREFEITO QUE ENTRAR FARÁ A MESMA COISA, MUITA FESTA PARA SUPERFATURAR, TODOS ELES SÃO FARINHA DO MESMO SACO.

    • Muito verdadeiro seu comentário Vieira Silva, só acrescento como Petrolinense que uma cidade imita a outra , muito amiguinhas: falta de Governo e malandragem política… Será que é porque são Cidades – Irmãs?

  3. Parece que em Juazeiro não tem autoridade para ver que a lei do silêncio não é respeitada, mesmo sabendo que no Centro existem diversos hospitais com pacientes internados e gente que moram na área central e que não conseguem dormir. Poderia fazer o carnaval num lugar longe da cidade para não incomodar a população que quer descansar.
    .

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome