Indignada com queimadas de lixo, comunitária do São Gonçalo pede providências para terreno baldio

0

20140705_12340420140705_123441Um problema recorrente em bairros de Petrolina continua sendo alvo de reclamações: o velho hábito de colocar fogo em lixo doméstico. Desta vez, quem clama por providências é a moradora do São Gonçalo, Eliete Gonçalves. Segundo ela, um terreno abandonado há mais de 21 anos vem servindo de local para queimadas de lixo, as quais estariam prejudicando a saúde de adultos e crianças na comunidade.  Além disso o local está se transformando em depósito de lixo e esconderijo para usuários de drogas.

Acompanhem:

Quero fazer uma denúncia a respeito de um terreno baldio aqui no São Gonçalo, na rua oito. O local está abandonado há mais de 21 anos e o proprietário nunca cercou o terreno, onde tem um casebre. O mesmo é esconderijo de usuários de drogas e depósito de lixo.

O pessoal tem preguiça de colocar o lixo para fora nos dias de coleta e deposita nesse terreno, e depois toca fogo. O fato é que não aguentamos mais essa situação e queremos pedir providências à prefeitura para derrubarem esse casebre e fazer com que o proprietário cerque o local.

Tenho crianças em casa e meus pequenos sofrem de doenças respiratórias. Quando isso acontece, e acontece com frequência, meus filhos não conseguem dormir direito.

Eliete Gonçalves/Comunitária

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome