Implantação de métodos contraceptivos em crianças gera polêmica em Palmares

por Carlos Britto // 18 de agosto de 2021 às 16:33

Foto: Reprodução

Em Palmares, na Zona da Mata, um projeto de lei de autoria do vereador Toinho Enfermeiro (PSL) tem causado celeuma no município. O projeto propõe a criação de um programa municipal com métodos contraceptivos para evitar gravidez precoce, em crianças e adolescentes.

A Câmara aprovou, na última terça-feira (17), um requerimento verbal do parlamentar, solicitando do prefeito José Bartolomeu de Almeida Melo Júnior (PP) a aprovação da matéria. Com isso, grupos de Mulheres e órgãos de proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente fizeram um protesto pacífico em frente a Câmara dos Vereadores.

Os manifestantes discordam do projeto e repudiaram as falas do vereador Toinho, que citou o caso de uma criança de 11 anos, e sugeriu a implantação do Dispositivo Intra Uterino (DIU) nas mulheres dessa faixa etária.

O Sindicato dos Servidores Públicos de Palmares (Sinsempal) e a Escola de Belas Artes também apoiaram o ato de protesto. A presidente do Conselho Tutelar, Fabiana Wanderley, usou a tribuna da Câmara para falar aos vereadores sobre as políticas de proteção e defesa dos Direitos da Criança e dos Adolescentes que já existem e criticou a propositura dos parlamentares. O projeto seguiu para análise dos vereadores e ainda será colocado para votação, caso a pressão popular não intimide. (Com informações de Blog do Sobrinho)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *