Ibama concede licença prévia para construção do Porto Sul na Bahia

0

O empreendimento Porto Sul, que será construído no distrito de Aritaguá, em Ilhéus, no sul da Bahia, recebeu esta semana a licença prévia expedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), segundo informações do Governo da Bahia. O Porto Sul tem investimentos de R$ 3,5 bilhões.

Para que as obras do empreendimento possam começar, segundo o governo, ainda será preciso que o Ibama emita a licença de instalação. O complexo portuário tem a finalidade de escoar minério de ferro, clínquer, soja, etanol, fertilizantes e outros graneis sólidos.

Segundo o secretário da Casa Civil, Rui Costa, a previsão é iniciar as obras no primeiro semestre de 2013. A intenção inicial, segundo o secretário, é de que as obras já pudessem ter começado no início de 2012. A estimativa é de que 200 áreas sejam desapropriadas na zona rural de Ilhéus.

As análises do Ibama sobre o projeto já tinham resultado na mudança de local para implantação do empreendimento, que inicialmente foi projetado para a Ponta do Tulha, também no litoral de Ilhéus. “O Ibama foi rigoroso e as alterações sugeridas mudaram para melhor o projeto. Estudos apontaram que a Ponta do Tulha é uma área mais sensível ambientalmente. Então, o local foi mudado,  portanto numa condição de menor impacto ambiental”, afirma Rui Costa.

Polêmica

A construção do Porto Sul já esteve no centro de uma polêmica. De um lado, os que consideram o empreendimento importante para a economia local. Do outro, grupos que viam o projeto como uma ameaça ao meio ambiente da região.

Ano passado, ONGs e moradores fizeram manifestações em defesa da área de mata atlântica. O local é rico em biodiversidade e abriga árvores nativas e animais em extinção. A construção do empreendimento também foi tema de audiências públicas. (Fonte/foto: G1-BA)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome