Humberto Costa defende alinhamento com PSB em Pernambuco, mas garante que subirá no palanque de Marília Arraes se candidatura própria do PT prevalecer

0
Foto: Blog do Carlos Britto

O senador Humberto Costa (PT) voltou a defender o alinhamento entre PT e PSB em Pernambuco, com apoio à reeleição de Paulo Câmara. Ele afirmou que a sua defesa é de uma “tática eleitoral e política”. A declaração foi dada ao Programa ‘Manhã Total’, da Rádio Pajeú. Humberto disse que tem conversado sobre esse alinhamento com a presidente do partido, Gleisi Hoffman, mas frisou que a decisão será da legenda no Estado.

Esse debate será resolvido pelo PT em Pernambuco”. Perguntado se a defesa não seria a busca pela salvação do seu mandato em detrimento do projeto estadual, Humberto disse que não, acrescentando que o partido está sofrendo com as recentes baixas. “Essa (a manutenção do mandato) não é a motivação principal. Ao contrário. Estaremos trabalhando para o futuro do PT. Depois da saída de nomes como João Paulo, Osmar Ricardo, Genival Menezes, o PT tornou-se um partido bem menor do que já foi. Temos que voltar a fazê-lo grande“.

Ele defendeu a aliança como o melhor caminho para eleger mais deputados estaduais e federais. “Acho que o melhor caminho é o da aliança. A questão do Senado é uma prioridade do partido em nível nacional”.

Perguntado se subirá no palanque de Marília Arraes, caso prevaleça a tese de candidatura própria ao governo, Humberto garantiu que sim. “Claro que subo. Estou no PT há mais de 20 anos e jamais deixei de cumprir uma decisão sequer. Esse é um debate sobre uma questão tática, do que é melhor para o PT nesse momento, também nacionalmente. Não só seguirei como farei frente para defender a candidatura dela ou de quem quer que seja, escolhido s e for vontade do PT”, disse. (Com informações de Anchieta Santos/a para o Blog)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome