Hospital Materno Infantil de Juazeiro orienta funcionários para atendimento ao H1N1 e ao novo coronavírus

0
Foto: Ascom

As equipes de saúde do Hospital Materno Infantil de Juazeiro (HMIJ) começaram a receber na última sexta-feira (13) orientações para melhorar a condução dos atendimentos de pacientes em meio aos casos confirmados de H1N1 e suspeitos do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. Mesmo sem nenhuma indicação do Ministério da Saúde sobre os riscos da doença em gestantes, mas por este público passar por mudanças imunológicas que podem deixá-las mais vulneráveis, é preciso atenção.

Recentemente a Secretaria da Saúde (Sesau) realizou capacitações entre os dias 9 e 11 de março, e contou com a participação de profissionais dos serviços da atenção primária e especializada. Os participantes se tornaram multiplicadores das informações e dentro das unidades de serviços devem orientar os demais membros da rede. Estiveram presentes a Comissão de Controle e Infecções Hospitalares do Núcleo de Educação Permanente (CCIH/NEP), coordenação de enfermagem, direção médica e administrativa do HMIJ junto a Sesau.

H1N1

Juazeiro registrou até esta segunda-feira (16) 24 notificações para H1N1 na cidade, sendo cinco já confirmadas, inclusive um óbito comprovado. Treze casos estão em investigação; destes dois óbitos foram registrados, mas ainda faltam os resultados. Outros seis casos foram descartados.

Coronavírus

Já do Covid-19 foram registrados três notificações, dois já foram descartados e um exame está em análise no Laboratório Central (Lacen) em Salvador.

Para a superintendente da Atenção Especializada, Cilene Duarte, o momento é de compartilhar informações verídicas e apoio às equipes de saúde. “Além dos encontros realizados nos dias 9 e 11, estamos orientando nossas equipes ao repasse aos demais profissionais, em especial no acolhimento e orientações aos pacientes. Não precisa pânico, devemos agir com cautela, reforçando que os cuidados de higiene pessoal são essenciais e fundamentais para evitar a proliferação de vírus. Pontuamos ainda que uma boa alimentação, constituinte por frutas, verduras, legumes auxiliam o organismo nas defesas das infecções virais”, disse ela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome