Há três meses Petrolina confirmava primeiro caso do novo coronavírus

2
Foto: Ascom PMP/SMS divulgação

Há exatos três meses, completados nesta terça-feira (23), Petrolina registrou o primeiro caso confirmado do novo coronavírus (Covid-19). De lá até agora, a curva de crescimento do número de infectados, óbitos e internamentos em UTIs se mantém sob controle, comparando-se a outros municípios nordestinos com a mesma faixa de habitantes que Petrolina.

Entre as principais ações da prefeitura, que iniciou seu plano de contingência logo após o primeiro caso de covid-19 ser confirmado no país, estão o treinamento de profissionais da Atenção Básica; decretos municipais estabelecendo isolamento social, reorganização do fluxo das Unidades Básicas de Saúde (UBS); abertura de leitos de UTI em parceria com o Hospital Universitário; aquisição de 34 mil testes rápidos; implantação de uma sala de teleorientação; monitoramento nas feiras livres com a distribuição de máscaras de tecido; monitoramento no aeroporto; e abertura do hospital de campanha com 100 leitos intermediários.

Para a administração, o momento é de cautela. Com esse intenso trabalho, focado em salvar vidas, o município chegou à marca de 182 pessoas recuperadas da Covid-19.

Esforços

Mas os esforços sanitários e logísticos continuam. Após realizar a testagem dos profissionais da linha de frente, o município iniciou a testagem dos grupos de risco, começando pelas gestantes e mulheres no pós-parto. A gestão municipal segue com seu esquema de ações voltadas ao combate da covid-19, sem esquecer as demais áreas, reforçando que o momento é de exercer o isolamento domiciliar e o uso de máscara, bem como o distanciamento social como verdadeiros remédios para a pandemia.

2 COMENTÁRIOS

  1. Conclusão para lá de politiqueira, nem todos os municípios do tamanho de Petrolina tem a mesma densidade demográfica para se afirmar que aqui está melhor ou pior.

  2. carlos britto
    sou um admirador seu de verdade
    mas como se publica uma noticia dessa no dia que TODOS os leitos do SUS disponiveis para COVID estao ocupados?
    esta doenca jamais deve ser considerada sobre controle ou proximo de…
    agora nao culpo o prefeito nao… de verdade… na verdade o que aparenta é que ele foi abandonado pelo governo do estado… por subestimar ou por outra causa, nao sei… mas o fato é que o numero de leitos do sus disponiveia para cerca de 1 milhao e meio de pessoas (contando com as cidades que dependem do sistema de saude ds petrolina) ser de apenas 25… é de uma jocosidade sem tamanho
    nao baixemos a guarda

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome