Guilherme e Miguel vão disputar espaço no governo de Raquel e reacendem disputa

por Carlos Britto // 31 de outubro de 2022 às 12:00

Foto: Reprodução

Nem toda vitória traz todas as honras ao podium, e uma nova disputa já começou no seio da família Coelho, em Petrolina, principal cidade do Sertão de Pernambuco. É que havia uma expectativa, uma meta a ser atingida, em que a governadora eleita, Raquel Lyra (PSDB), chegasse à casa dos 100 mil votos. O que não se confirmou.

Pelo contrário, Raquel venceu, mas o placar foi bem apertado. A diferença foi de apenas cinco mil votos com o placar ficando dessa forma: Raquel Lyra: 89.758 e Marília Arraes 84.554 votos, com termos percentuais de 51,49% contra 48,51%. No primeiro turno Raquel não somou cinco mil votos.

Acontece que, agora, Guilherme Coelho (PSDB), que foi o senador da tucana e aliado de primeira hora, disputa o protagonismo no futuro governo com Miguel Coelho (União Brasil), que anunciou apoio a Raquel imediatamente depois do seu resultado adverso nas urnas, quando concorreu ao governo.

Tudo indica que a nova governadora acolherá os dois, mas o tamanho desse acolhimento pode gerar muitas respostas e insatisfações. Não é só a indicação por si, é o espaço político e o impacto dessa decisão nas próximas eleições em Petrolina, já que Guilherme e o grupo de Miguel romperam atirando.

Em uma entrevista, ainda ontem (30), Miguel disse que está à disposição de Raquel, deixando claro que almeja um espaço. Guilherme Coelho também se diz prontíssimo para a nova missão, e o jogo está jogado. É isso aí!

Guilherme e Miguel vão disputar espaço no governo de Raquel e reacendem disputa

  1. Pé no Saco disse:

    Se for da a Cesar o que é de Cesar quem tem direito é Guilherme.

  2. Maria disse:

    O Guilherme foi fiel desde o início. Não aceitou a manipulação de Miguel.
    O Miguel está entrando de gaiato.
    Quem merece mais?

  3. Petrus disse:

    É melhor optar por Guilherme. Miguel é…

  4. thiaro disse:

    marilia mal veio aqui , por isto foi a grande vitoriosa , rachel com apoio de ginzaga, miguel, guilherme, lucas ramos, so conseguiu 5 mil votos a mais do que ela!!! mostraram o quanto estão fracos para ter força em exigir espaço.

  5. thiaro disse:

    lamentavel o apoio fraco que rachel recebeu deste povo, quase perde para marilia sem nem vir aqui!!!

  6. Aline disse:

    É os votos de RAQUEL LIRA 45 no primeiro e no segundo turno foi de GUILHERME COELHO e sua equipe que foi as ruas pedir voto, não parou acreditou e correu atráz,

  7. Maguim disse:

    Guilherme merece cargo, foi guerreiro, Miguel não sinhô.

  8. Pacato Cidadão disse:

    É só comparar:
    Raquel no 1º turno (com apoio de Guilherme) teve pouco mais de 5000 votos
    Raquel no 2º turmo (com os demais apoios) chegou a 89.758. Destes no mínimo 80000 deve-se a Miguel

  9. Morador das antigas disse:

    Muitos votos que ela teve aqui não em nada haver com Miguelito,foram os votos de quem votaram no candidato de Bolsonaro que nunca votariam no PT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.