Gravado em Juazeiro, clipe do projeto musical Made in Quebrada fala em periferia, vida e felicidade

0
Foto: Lizandra Martins/divulgação

Esqueça os problemas, reúna as amigas, os amigos, coloque o som no volume mais alto e comece a celebrar, a ser feliz, a se jogar. É disso que fala o primeiro clipe do projeto artístico-musical ‘Made In Quebrada'(MIQ), formado em Juazeiro (BA), que já está disponível no YouTube. “Se Joga” traz um som frenético e dançante, misturando ritmos diversos que vão desde o funk carioca até o pagode baiano. O clipe foi gravado na cidade baiana, na Galeria de artes 4 M´s, localizada no Bairro Piranga. O single também já está disponível nas principais plataformas digitais –  Spotify, Deezer, SoundCloud e Itunes.

O roteiro do clipe teve inspiração em produções de artistas nacionais e internacionais. Já a galeria escolhida como locação para a gravação trouxe um tom ainda mais artístico à produção, que ganhou como cenário os quadros coloridos e as paredes grafitadas do local. Para dar vida e sentido à letra da música “Se Joga”, foram convidadas pessoas que moram em Juazeiro. “O clipe tem referências de alguns artistas norte americanos e brasileiros também, mas com uma pitada juazeirense. A gente reuniu uma galera da periferia de Juazeiro. Nos juntamos, literalmente, para celebrar. ‘Se joga’ é uma música que tem um ritmo de ‘pagodão’ baiano, e que fala exatamente sobre esquecer os problemas, reunir a galera, os amigos, para celebrar, festejar“, destaca Blackyva, um dos integrantes do Made In Quebrada.

A gravação e a edição do clipe foram feitas pelo fotógrafo e videomaker James Jonathan,  de Juazeiro. Com a ideia principal do roteiro já pré-definida pelo grupo, ele conseguiu adaptar a ideia dos integrantes do MIQ às lentes da câmera. “Eles vieram com a ideia de chamar uma galera para gravar o videoclipe da música, então eu já fiquei bastante animado. Logo, vieram com o roteiro e fomos adaptando até essa versão final, que se encontra no clipe“, diz.

No processo de edição, James brincou com as cores e usou o estilo de filme antigo, em VHS, para finalizar o vídeo. “Creio que a edição foi o processo mais tranquilo, pois já gravei pensando em como faria. Falaram para mim que queriam um clipe colorido e no estilo filme antigo (VHS), com algumas transições de Glitch Effect, mas que não perdesse a qualidade original“, explica.

Entre as pessoas que aparecem no clipe, estão estudantes da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e integrantes do grupo de breakdance Norte BA Crew e do grupo de rap 3 da Matina. Iasmin Monteiro é estudante de Jornalismo e foi uma das convidadas. Essa foi a primeira vez ela que participou da gravação de um videoclipe. “Foi uma prazer participar de toda essa mistura cultural. É muito importante valorizar a cultura da nossa região, acrescentar a de outras regiões e transformar isso em uma fonte rica de produção artística. É isso que vejo que é o Made In Quebrada“, afirma.

O projeto

‘Made In Quebrada’ é um projeto artístico-musical que reúne artistas de diferentes regiões do Brasil e de diferentes estilos musicais, com o objetivo principal de contemplar e celebrar a periferia – Andrezza Santos (São Paulo-SP), com a MPB, Blackyva (Rio de Janeiro-RJ), com o funk, Dj Werson (Natal-RN), com a música eletrônica, e Euri Mania (Juazeiro-BA), com o rap. Além de “Se Joga”, outras quatro músicas ainda serão lançadas pelo grupo para compor o primeiro EP do projeto,  que conta somente com produções autorais, gravadas, mixadas e masterizadas por Iago Guimarães, do estúdio Casinha Lab, de Juazeiro. As informações são da assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome