Governo federal vai destinar R$ 8,6 milhões para obras de saneamento em seis Estados

1
Foto: WhatsApp/Blog do Carlos Britto

O governo federal autorizou, ontem (10), a liberação de R$ 8,6 milhões para a continuidade de obras de esgotamento sanitário em seis estados do País: Goiás, Pernambuco, Rondônia, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo. “A falta de saneamento, de tratamento adequado de água e esgoto, é o maior problema ambiental brasileiro, além de colocar em risco a saúde da população. Nesta gestão, estamos trabalhando para mudar essa situação, dando continuidade a importantes obras. A orientação do presidente Bolsonaro é a de não deixar nenhuma obra parada”, destacou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O Estado que vai receber mais recursos é o Rio Grande do Sul – R$ 7,2 milhões no total. A maior fatia desse repasse, de R$ 4,8 milhões, vai para obras de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) dos bairros Centro e Cidade Nova, no município de Venâncio Aires.

A segunda unidade da federação com maior aporte de recursos é Pernambuco. Serão investidos R$ 1,3 milhão na complementação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) que atende os municípios de Recife e Olinda.

Os outros Estados receberão, juntos, investimentos na ordem de R$ 112 mil para ações pontuais de esgotamento sanitário. Anápolis, em Goiás, e Americana, em São Paulo, utilizarão os recursos para ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES). Já em Sorocaba, também em São Paulo, serão feitas intervenções para aumento da capacidade de tratamento e melhorias da eficiência da Estação de Tratamento de Esgoto Sorocaba 1.

Investimentos

Desde janeiro, mais de R$ 199,6 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) foram repassados pelo MDR para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico pelo País. Outros R$ 542,8 milhões foram assegurados para financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Atualmente, a carteira de obras e projetos da Pasta no setor – contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados – é de 1.267 empreendimentos, somando um total de R$ 45,3 bilhões, sendo R$ 27,1 bilhões de financiamentos e de R$ 18,2 bilhões de Orçamento Geral da União (OGU).

1 COMENTÁRIO

  1. Bom dia, mais uma vez eu solicito do Prefeito Miguel Coelho uma resposta à respeito se há alguma previsão para sanear e pavimentar o Antônio Cassimiro II.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

nove − seis =