Governo de PE anuncia projeto de recuperação estrutural da barragem Nilo Coelho em Terra Nova

0
Foto: Ascom

Na terça-feira (18), aconteceu em Terra Nova uma Audiência Pública sobre a situação da barragem Nilo Coelho, promovido pela Prefeitura e Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos do estado. No momento, foi apresentado um projeto de recuperação estrutural do reservatório pela administração estadual. O engenheiro da pasta, Gastão Cerquinha, apresentou o projeto de recuperação do reservatório, que está em fase de conclusão.

Já a Secretária Executiva de Recursos Hídricos, Simone Rosa, falou do processo de licitação do projeto. “O Governo de Pernambuco está empenhado em realizar a recuperação da barragem por entender a importância da água para os agricultores da região. Por isso, todo o trabalho será desenvolvido sem que seja necessário seu esvaziamento. Enquanto o projeto está sendo concluído, a equipe da Secretaria Executiva de Recursos Hídricos (SERH) já trabalha no edital de licitação para que a obra seja iniciada ainda este ano, concomitantemente,  está concluindo o edital para licitação do PSB (Plano de Segurança de Barragem) e do PAE (Plano de Ações Emergenciais)”. E explicou ainda que o nível da barragem está sendo monitorado diariamente, e hoje está sendo mantida em torno de 20% de sua capacidade total, por conta do projeto.

O valor total da obra de recuperação deve ser em torno de R$ 4,5 milhões e os recursos para sua execução devem vir de convênios com o Governo Federal. Sendo concluída no máximo em 10 meses.

Segundo o Governo do Estado, vistorias periódicas têm sido realizadas no reservatório de Nilo Coelho. No ano passado foram duas inspeções, inclusive, em dezembro com consultores contratados, que confirmaram a situação. Atualmente, a barragem se encontra no Nível de Emergência 3, de acordo com a Lei Nacional da Segurança de Barragem – Lei nº 12.334/2010.

A audiência aconteceu na quadra poliesportiva, no Centro do município, e contou com a presença da prefeita Aline Freire, do vice-prefeito de Cabrobó, Pedro Caldas, do deputado estadual Lucas Ramos, do presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim, além de aproximadamente 200 representantes da sociedade civil, de órgãos como o Conselho de Usuário de Nilo Coelho, o Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco (CBHSF), a Defesa Civil municipal e estadual, o Corpo de Bombeiros, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade  (Semas) e da Codevasf.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome